10 de junho de 2014

CPTM: Mais 4 executivos de empresas espanholas são acusados de fraude

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) ofereceu denúncia contra quatro executivos da empresa espanhola CAF por conluio e fraudes à licitação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para reforma de composições. A acusação foi oferecida como aditamento à denúncia já encaminhada à Justiça em março.

Chega a 34 o número de executivos de multinacionais acusados de formação de cartel em contratos do Metrô e da CPTM entre 1998 a 2008, período que compreende as gestões dos governadores tucanos Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra.

Os novos acusados foram identificados depois de análise de documentos do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O Grupo de Repressão a Delitos Econômicos (Gedec) já havia denunciado 10 executivos por cartel nesse mesmo contrato. Dois da Alstom, dois da Daimler Chrysler Rail Systems (Brasil) Ltda/Bombardier, dois da Temoinsa, um da Mitsui, um da T’Trans, um da Tejofran, e outro da própria CAF.

Em março, a promotoria ofereceu à Justiça cinco denúncias  contra cinco cartéis. Uma delas foi distribuída à 28ª Vara Criminal de São Paulo, mesmo juízo que vai analisar o complemento acusatório encaminhado pelo MP-SP.

Leia mais em: http://www.valor.com.br/politica/3578672/cptm-mais-4-executivos-de-empresas-espanholas-sao-acusados-de-fraude#ixzz34FG8YBoK
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).