29 de julho de 2014

Metrô e CPTM terão horários estendidos em dias de jogos

Metrô vai funcionar por mais tempo em dias de jogos às 22h

Após reunião do presidente do Corinthians, Mário Gobbi, e de dirigentes do clube com representantes do Governo do Estado de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes, ficou acertado a extensão do horário de funcionamento do metrô e dos trens da CPTM em dias de jogos do alvinegro de Parque São Jorge marcados para as 22h na Arena Corinthians, em Itaquera. 

Além dos jogos do Corinthians, quando houver partidas do São Paulo, no Morumbi, e do Palmeiras, no Allianz Parque, o transporte público também terá seu horário de funcionamento estendido.

O Governo estabeleceu que o metrô vai funcionar até 0h30 e os trens da CPTM até 0h50 em dias de partidas e, desta forma, a vida dos torcedores ficará mais fácil na volta para a casa. 

A principal preocupação envolvia o esquema de manutenção do metrô, mas a única diferença agora é que a manutenção agora vai começar um pouco mais tarde nas quartas-feiras.

A discussão sobre a extensão do horário de funcionamento do metrô em dias de jogos às 22h tomou força depois do duelo do Corinthians contra o Bahia, disputado na última quarta-feira (23), pela Copa do Brasil. Na ocasião, muitos torcedores enfrentaram problemas para retornar para a casa e toda a situação gerou reclamações.

Com a decisão, os torcedores dos clubes paulistanos terão mais facilidade para retornarem às suas casas depois de assistirem aos jogos inteiros, sem precisar deixar o estádio antes do apito final do árbitro.

Fonte: Danilo Verpa/Folhapress
Jovem Pan

Passagem alternativa entre estações Consolação e Paulista atrasará dois anos

Túnel atual entre estações Paulista e Consolação apresenta constante superlotação

A construção de uma segunda passagem que liga as estações Consolação, na linha verde, e Paulista, na linha amarela, do metrô deve começar apenas no segundo semestre de 2015. A informação é da Secretaria dos Transportes Metropolitanos. A obra começará com dois anos de atraso, já que a Companhia do Metrô havia anunciado, no ano passado, a construção da passagem para maio de 2013.

O projeto consiste em escavar um túnel para ligar a plataforma de embarque da linha amarela à área de esteiras rolantes do corredor entre as estações, o que permitiria melhorar o fluxo de pessoas, diminuindo a lotação. O custo estimado da obra é de R$ 30 milhões.

Enquanto esta nova passagem não fica pronta, deverá ser construído um acesso à estação Paulista pela Rua Bela Cintra, como solução a curto prazo. As obras para isso devem começar em agosto e ficar prontas de três a quatro meses. O valor dessa obra não foi informado.

A Secretaria explicou que a demora nas obras da passagem alternativa, que serão feitas pela ViaQuatro, concessionária que opera a linha amarela, se deve à necessidade de estudos geológicos na região. Já que o túnel será escavado no subsolo, é preciso avaliar se isso afetará a estrutura dos prédios e da rua.

Fonte: Folha de S.Paulo

28 de julho de 2014

Metrô, trem e ônibus funcionam normalmente na manhã desta segunda

Dia segue com tempo estável; termômetros variam entre 13º C e 16º C e pode chover à noite

 

Os trens do metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) funcionam normalmente na manhã desta segunda-feira (28), segundo as empresas responsáveis. Os ônibus municipais e intermunicipais também operam regularmente, de acordo com a SPTrans (São Paulo Transporte) e a EMTU b(Empresa Metropolitana de Transporte Urbano).

 

O dia segue com o tempo estável. Os termômetros apresentam leves variações e as temperaturas seguem amenas, que devem ficar entre 13º C e 16º C. As taxas de umidade oscilam entre 77% e 96%. Com tempo encoberto e com previsão de chuva fraca à noite.       

 

De acordo com a última atualização da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o Sistema Cantareira, que abastece grande parte da Capital Paulista, está com 15,9% da capacidade de armazenamento. Uma queda de 0,3% em relação à medição anterior.

 

O motorista que trafega pela capital não encontra dificuldades até o momento, segundo a  CET (Companhia de Engenharia e Tráfego). O rodízio municipal de veículos funciona normalmente nesta segunda-feira. Estão impedidos de circular no centro expandido da cidade carros com placas finais 1 e 2. 

 

R7

27 de julho de 2014

Polícia Militar arma esquema de última hora e despista 'brigões'

Temendo um conflito entre corintianos e palmeirenses na Estação da Luz, a Polícia Militar decidiu armar um esquema de última hora e mudou o trajeto que os membros da torcida organizada Mancha Alviverde, concentrados no Terminal Palmeiras-Barra Funda, fariam para chegar até a Arena Corinthians, em Itaquera. 

Na estação, a PM orientou os torcedores a tomar o Expresso Leste, que parou somente na Estação Dom Bosco, uma após a Corinthians-Itaquera. De acordo com o Tenente Vasconcelos, a PM só teve conhecimento do plano às 11 horas deste domingo.

"Estava previsto que ia ser feita baldeação na Estação da Luz, mas a CPTM acabou disponibilizando essa linha especial para levar os torcedores do Palmeiras. Mesmo assim, acredito que não haveria problemas porque a PM está muito bem preparada", explicou Vasconcelos. 

Após descer na Estação Dom Bosco, os palmeirenses fizeram uma caminhada de cerca de 45 minutos e já começam a entrar na Arena Corinthians. Não há registros de confusão.

A Polícia Militar acompanhou membros da torcida organizada Mancha Alviverde até a Arena Corinthians. Concentrado na Barra Funda, os torcedores tomaram o Expresso Leste até Itaquera.

O Estado de SP

Palmeirenses sairão por último do Itaquerão para evitar brigas após o clássico

Torcedores do Palmeiras que estão no Itaquerão para assistir ao clássico com o Corinthians, neste domingo (27), deixarão o estádio corintiano por último após o jogo.

Apesar do clima de tranquilidade que marcou a chegada das duas torcidas à arena, autoridades confirmaram que a torcida corintiana poderá deixar o estádio imediatamente após a partida.

Os palmeirenses permanecerão no local para evitar que os torcedores se encontrem.

A torcida do Palmeiras deixará a arena pelo mesmo portão usado para entrar, mais uma medida para evitar que os dois grupos de torcedores se encontrem no estádio e nas imediações da arena.

Funcionários da FPF (Federação Paulista de Futebol) informaram que os palmeirenses ficarão retidos por cerca de duas horas.

Dados obtidos com a Polícia Militar dão conta de que eles permanecerão no estádio por, no mínimo, quarenta minutos após a partida.

DIEGO IWATA LIMA
EDUARDO OHATA
Folha de São Paulo
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.