23 de novembro de 2017

Linha 4-Amarela terá maior intervalo entre trens neste domingo, dia 26, a partir das 15h

Compartilhe
A operação diferenciada ocorre por causa de obras na futura estação Oscar Freire, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô 

Os passageiros que forem usar a Linha 4-Amarela neste domingo, dia 26, devem ficar atentos à mudança na operação. A partir das 15 horas, o embarque e o desembarque nas estações Paulista e Fradique Coutinho serão realizados na mesma plataforma. Avisos sonoros informarão o destino de cada trem. Com a operação diferenciada, o intervalo entre trens será maior em toda a linha.

Nas demais estações (Butantã, Pinheiros, Faria Lima, República e Luz) o embarque e o desembarque serão normais. A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura estação Oscar Freire, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.

Além das mensagens sonoras, a orientação aos usuários será reforçada em todas as estações da Linha 4-Amarela com cartazes e banners. A equipe de atendimento também será ampliada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar o impacto da mudança e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco. 
 

22 de novembro de 2017

ViaQuatro é eleita Concessionária do Ano pelo PPP Awards & Conference Brazil

Compartilhe
Conferência inédita reconhece e premia Parcerias Público-Privadas e reúne importantes nomes do setor em discussão sobre o papel dessas iniciativas para tornar o gasto público mais eficiente

No último dia 21 de novembro, a ViaQuatro, responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo, foi reconhecida a melhor Concessionária do Ano, no PPP Awards & Conference Brazil, evento que prestigiou os trabalhos de Parcerias Público-Privadas desenvolvidos no Brasil para inspirar o desenvolvimento das boas práticas nesse mercado.

“Estamos orgulhosos com mais este reconhecimento à ViaQuatro. Acreditamos na importância da Parceria Público-Privada para o desenvolvimento do setor de infraestrutura do país. Há 11 anos, desde o início do contrato da ViaQuatro, nos dedicamos à prestação de serviço público de qualidade e, não nos acomodamos, seguimos empenhados em oferecer o que há de mais moderno e tecnológico aos 700 mil passageiros que circulam, diariamente, pela Linha 4-Amarela de metrô”, finaliza Harald Peter Zwetkoff, presidente da ViaQuatro.

A premiação contribui não somente para quem está no segmento de PPPs, mas também para as empresas que querem atuar junto à esfera pública, trazendo informações sobre o futuro dessas parcerias e o caminho para que seus programas possam ser aprovados e fazerem a diferença para a nação.

PPP Awards
 Além do reconhecimento da ViaQuatro na categoria Concessionária do Ano, outras seis categorias foram reconhecidas, entre elas: Ideia do Ano, Órgão de Controle do Ano, Projeto Estadual do Ano, Projeto Municipal do Ano, Projeto em Operação do Ano e Unidade de PPP do Ano.  Ao todo 57 programas inscritos disputavam as colocações.

Entre os projetos premiados, os quais receberam o reconhecimento durante o evento, destacam-se inovações e prestações de serviços de sucesso, que podem ser consideradas modelo nos setores de educação, transporte, habitação e centrais de abastecimento.

“Ouvimos falar da importância de se desenvolverem PPPs como alternativa à falta de dinheiro público, porém essa é uma motivação muito perigosa”, destaca Guilherme Naves, sócio fundador da Radar PPP, idealizadora do evento, junto com a Sator. “Firmar Parcerias Público-Privadas significa buscar eficiência para um gasto público de melhor qualidade para atender melhor a população. E é isso que incentivamos e reconhecemos com essa premiação”, completa.

Para saber mais sobre o evento, acesse: http://pppawards.com.br/
Detalhes sobre a premiação: http://pppawards.com.br/index.php/o-premio/

Informações para imprensa PPP Awards

17 de novembro de 2017

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana

Compartilhe
Neste fim de semana, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) intensificará as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos.  Confira a programação e antecipe sua viagem:
 
Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)
 
Domingo: das 4h até meia-noite, haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Vila Clarice e Vila Aurora. O intervalo médio dos trens será de 17 minutos entre as estações Luz e Pirituba e de 34 minutos entre Pirituba e Francisco Morato.  
 
Linha 7-Rubi (Francisco Morato – Jundiaí)
 
Domingo: das 4h às 20h, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Botujuru e Campo Limpo Paulista. O intervalo médio dos trens será de 30 minutos entre as estações Francisco Morato e Jundiaí. 
 
Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)
 
Sábado: das 17h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização na região da Estação Quitaúna e, das 20h até o fim da operação comercial, nos equipamentos de via permanente entre as estações Carapicuíba e Engenheiro Cardoso.  O intervalo médio dos trens será:
- Das 17h às 20h: de 15 minutos em toda a linha
- Das 20h até o fim da operação comercial: de 16 minutos entre Júlio Prestes e Carapicuíba e de 32 minutos entre Carapicuíba e Itapevi. 
 
Domingo: 4h às 11h, a circulação ficará interrompida entre as estações Comandante Sampaio e Carapicuíba para a realização das obras de modernização da estação Quitaúna. O trajeto será feito por meio de ônibus gratuitos, com paradas nas estações Quitaúna e General Miguel Costa, e os usuários deverão pegar a senha nas estações. 
 
Das 4h até meia-noite, também serão executadas obras de modernização do sistema de rede aérea e edificações entre as estações Carapicuíba e Jandira. O intervalo médio dos trens será:
- Das 4h às 11h: de 10 minutos entre Júlio Prestes e Comandante Sampaio e de 20 minutos entre Carapicuíba e Itapevi.
- Das 11h até o fim da operação comercial: de 10 minutos entre Júlio Prestes e Carapicuíba e de 20 minutos entre Carapicuíba e Itapevi. 
 
Linha 9-Esmeralda (Grajaú – Osasco)
 
Domingo: das 8h às 20h, em razão de intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Socorro e Jurubatuba, o intervalo médio dos trens será de 15 minutos em toda a linha.
 
Linha 10-Turquesa – (Brás – Rio Grande da Serra)
 
Domingo: das 4h às 18h, devido à realização de obras de modernização da Estação Guapituba, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos em toda a linha. 
 
 
Linha 11-Coral (Luz – Guaianases)
 
Sábado: das 19h até o fim da operação comercial, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. Nesse período, a circulação dos trens será realizada entre Luz e Brás, com intervalo médio de 15 minutos, e entre Brás e Guaianases, com intervalo médio de 30 minutos.
 
Domingo: das 4h até meia-noite, a circulação ficará interrompida entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera para continuidade dos serviços nos equipamentos de via permanente, além de obras de modernização na Estação da Luz. O usuário que desejar percorrer o trecho deverá pegar a Linha 3-Vermelha do Metrô. 
 
A circulação dos trens será realizada entre Luz e Tatuapé, com intervalo médio de 18 minutos, e entre Corinthians-Itaquera e Estudantes, com intervalo médio de 30 minutos. 
 
 
Extensão da Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)
 
Sábado: das 19h até o fim da operação comercial, o intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes devido a serviços que serão realizados no Expresso Leste. 
 
Domingo: durante todo o horário comercial, os trens circulação entre Corinthians-Itaquera e Estudantes, sem necessidade de baldeação em Guaianases, com intervalo médio de 30 minutos. 
 
 
Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)
 
Sábado e domingo: das 4h de sábado até meia-noite de domingo, por conta das obras de implantação da Linha 13-Jade, no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Linha 4-Amarela tem operação diferenciada domingo (19) e segunda (20)

Compartilhe
No domingo todas as estações estarão fechadas, a partir do meio-dia; na segunda-feira, feriado, o embarque e desembarque nas estações Paulista e Fradique Coutinho serão feitos pela mesma plataforma e haverá maior tempo de parada nas estações

São Paulo, novembro de 2017 – Neste domingo, 19 de novembro, a partir do meio-dia até o fim da operação comercial, todas as estações da Linha 4-Amarela estarão fechadas para execução de obras nas futuras estações Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.
Os ônibus do Paese (Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência) estarão em operação, percorrendo os trajetos entre as estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho até a Estação Clínicas da Linha 2-Verde do Metrô. De lá, os passageiros poderão seguir viagem usando as alternativas da própria Linha 2-Verde, que faz integração com a Linha 1-Azul do Metrô.

No domingo, com o fechamento de todas as estações, usuários que precisarem utilizar a Linha 9-Esmeralda da CPTM devem retirar senhas nas áreas pagas das Estações Pinheiros e Clínicas. As senhas só valem para o dia da interdição. Para todos os outros casos, o passageiro poderá embarcar e desembarcar dos ônibus do Paese sem apresentar senha.
Na Estação Luz, os passageiros devem utilizar a Linha 1-Azul e, na Estação República, a Linha 3-Vermelha do Metrô, que estarão funcionando normalmente.

Operação diferenciada na segunda-feira, dia 20

Já na segunda-feira, feriado em comemoração ao Dia da Consciência Negra, o embarque e o desembarque de passageiros nas estações Paulista e Fradique Coutinho serão realizados na mesma plataforma, tanto no sentido Butantã como Luz. Avisos sonoros informarão o destino de cada trem.
Nas demais estações (Butantã, Pinheiros, Faria Lima, República e Luz) o embarque e desembarque será normal. A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura estação Oscar Freire, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.
Além das mensagens sonoras, a orientação aos usuários será reforçada em todas as estações da Linha 4-Amarela com cartazes e banners. A equipe de atendimento também será ampliada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar o impacto da mudança e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco. 

14 de novembro de 2017

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste feriado

Compartilhe
Nesta quarta-feira, 15/11, devido ao feriado do Dia da República, a CPTM intensificará as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:
 
Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)
 
Quarta-feira: das 7h às 19h, haverá obras de modernização nos equipamentos de via permanente entre as estações Perus e Caieiras. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e de 30 minutos entre Pirituba e Francisco Morato.  

Das 22h à meia-noite, os trabalhos estarão concentrados no sistema de rede aérea entre as estações Jaraguá e Vila Aurora. O intervalo médio dos trens será de 24 minutos entre as estações Luz e Francisco Morato.   


Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Quarta-feira: das 4h à meia-noite, serão executadas obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Jandira e Itapevi. Das 7h às 19h, também haverá obras de reconstrução das estações Jardim Belval e Jardim Silveira. O intervalo médio dos trens, das 7h às 19h, será de 16 minutos entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba e de 32 minutos entre Carapicuíba e Itapevi. 
Nos demais horários, o intervalo será de 20 minutos entre as estações Barueri e Itapevi


Linha 10-Turquesa – (Brás – Rio Grande da Serra)

Quarta-feira: das 4h à meia-noite, em razão das obras de modernização da Estação Guapituba, o intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Brás e Mauá e de 30 minutos entre Mauá e Rio Grande da Serra.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Quarta-feira: das 4h à meia-noite, por conta das obras de implantação da Linha 13-Jade, no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha. 

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros, aos finais de semana, feriados e madrugadas. 
 
Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121. 
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).