30 de março de 2017

SP lança edital de concessão das Linhas 5-Lilás e 17-Ouro

Compartilhe
Leilão será 4 de julho na Bovespa; Geraldo Alckmin também anunciou melhorias para as linhas da CPTM e do Metrô


O governador Geraldo Alckmin lançou, nesta quinta-feira (30), o edital de concessão para as Linhas 5-Lilás do Metrô e 17-Ouro de monotrilho. “O leilão será 4 de julho na Bovespa. O lance mínimo é R$ 189,6 milhões e nós esperamos dentro do prazo da concessão 3 bilhões de investimentos e reinvestimentos”, explicou Alckmin.

Com a concessão, a operação comercial das duas linhas será administrada pela iniciativa privada por 20 anos. O valor estimado do contrato é de R$ 10,8 bilhões. Isso corresponde à soma das receitas tarifárias de remuneração e de receitas não operacionais, como exploração comercial de espaços livres nas estações, por exemplo.

O investimento previsto do parceiro privado é de R$ 88 milhões, que serão aplicados em melhorias e infraestrutura das linhas, visando atender aos indicadores de desempenho exigidos do concessionário para oferecer serviços de qualidade à população paulista.

Linhas 5 e 17

A Linha 5-Lilás terá 17 estações ao longo de 20,1 km, ligando Capão Redondo à Chácara Klabin, incluindo dois pátios de estacionamento e manutenção de trens.
A demanda estimada para a linha completa é de 850 mil passageiros por dia. O trecho fará interligação com as linhas 1 – Azul, 2- Verde e 17 – Ouro do Metrô, Linha 9 – Esmeralda da CPTM e três terminais integrados de ônibus.

Já a Linha 17-Ouro integrará o Aeroporto de Congonhas à rede metroferroviária da capital paulista, com tecnologia de monotrilho. O trecho de 7,7 km de extensão compreenderá oito estações elevadas (Congonhas, Jardim Aeroporto, Brooklin, Vila Paulista, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e Morumbi) e um pátio de estacionamento e manutenção, Águas-Espraiadas. Com demanda diária prevista de 200 mil passageiros, a linha 17 será integrada com a linha 5 – Lilás do Metrô e a Linha 9 – Esmeralda da CPTM.

Mais melhorias

Também foi lançado o edital de licitação para a construção da estação Morumbi do monotrilho da Linha 17-Ouro. A nova estação será elevada e ficará na Marginal Pinheiros, entre a estação Morumbi da CPTM e a margem do rio Pinheiros, permitindo acesso rápido e gratuito à Linha 9-Esmeralda. A contratação também inclui obras de adequações na estação da CPTM, com a construção de um mezanino ao final da plataforma, além do acréscimo de duas escadas rolantes, elevador e uma escada fixa.

A estação Morumbi será a última estação do trecho prioritário da Linha 17-Ouro, que terá 7,7 km de extensão e oito estações, entre Congonhas e Morumbi (CPTM), além de conexão com a Linhas 5-Lilás, na estação Campo Belo. Atualmente, cerca de 900 pessoas trabalham nas obras de implantação da Linha 17 e no pátio de manutenção. A expectativa é de concluir o trecho em julho de 2019, atendendo a 185 mil usuários por dia.

Obras de ampliação

O Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal aprovaram duas novas contratações para a continuidade das obras de extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha.

Com essa aprovação, a CPTM receberá recursos do PAC da Mobilidade para a implantação de Suprimento de Energia e do Sistema de Integração ao Centro de Controle Operacional (CCO). “Nossas obras nas áreas de ferrovia estão gerando, atualmente, 13 mil empregos diretos, registrados em carteira”, contabilizou Alckmin.

A Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú) transporta atualmente cerca de 570 mil usuários/dia. Com a ampliação de 4,5 km entre Grajaú e Varginha, a projeção é que sejam acrescentados à linha 110 mil usuários atendidos. O valor previsto para a obra é da ordem de R$ 790 milhões. Até o momento, a obra foi executada com recursos financeiros do Governo do Estado.

Linha 7-Rubi recebe novo trem

Compartilhe
A frota da Linha 7-Rubi, que é a maior linha da CPTM, já dispõe de nove composições novas

O governador Geraldo Alckmin entregou nesta quinta-feira, 30 de março, mais um novo trem para a Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato-Jundiaí). Essa é a 11ª composição a entrar em operação, de um lote de 65 unidades adquiridas. Nos últimos meses, já foram entregues dois trens para o serviço Expresso Leste, na Linha 11-Coral (Luz-Guaianases), e oito para a Linha 7-Rubi.
                                                                                                                                                                       
Com este novo lote, a CPTM iniciou o processo de padronização da frota na Linha 7-Rubi que, no total, receberá 19 trens. Essa é a maior linha da CPTM, com 60,5 quilômetros de extensão, ligando a Estação da Luz a Jundiaí. O trecho principal, entre Luz e Francisco Morato, transporta em média 400 mil usuários por dia útil. Somada à extensão entre Francisco Morato e Jundiaí, a Linha 7 alcança a marca de 430 mil passageiros atendidos diariamente.

Novos trens

Com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), o trem possui monitoramento com câmeras na parte externa e interna e são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio e espaço para cadeirantes). Também dispõe de monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

Os demais trens desse lote serão entregues ao longo dos próximos meses e entrarão em operação, após a realização de testes que são feitos nos sistemas elétricos, mecânicos e de sinalização. Dependendo das necessidades de ajustes que surgirem e do tempo de solução por parte do fabricante, os testes podem ser prolongados. As novas composições serão incorporadas para a renovação da frota de acordo com a necessidade operacional de cada linha.

Confira o novo trem em operação na Linha 7-Rubi: https://www.facebook.com/CPTM.FANPAGE/videos/1397190567016892/


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

28 de março de 2017

Música e dança na Estação Luz da Linha 4-Amarela de metrô

Compartilhe
Usuários serão surpreendidos com apresentações inéditas de dança até novembro promovidas pelo Núcleo Luz

De abril a novembro deste ano, o Núcleo Luz, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis, realizará oito performances na Estação Luz da Linha 4-Amarela de metrô, operada pela concessionária ViaQuatro. A primeira apresentação, com trechos do espetáculo “O Lago de Nós”, de Chris Belluomini, acontece na quarta-feira, dia 29 de março, a partir das 15h30. 

Com a proposta de surpreender o público que estiver circulando na estação, a coreografia começa com pequenos grupos que vão se somando até completar todo o elenco que é composto por 38 jovens de 18 a 24 anos. Além de ver a reação do público, a apresentação é importante para o processo de aprendizado desses jovens dançarinos que até o momento tinham experiência apenas no palco.
 
A realização deste e de uma série de outros eventos do Núcleo Luz em 2017 têm patrocínio da ViaQuatro. Além de contribuir para a mobilidade urbana, a concessionária acredita que promover acesso à cultura reforça seu compromisso com a sustentabilidade do seu negócio e ainda possibilita uma experiência de viagem diferente para os passageiros. Este projeto também conta com o patrocínio da Prodesp, ambos por meio da Lei de Incentivo à Cultura.
 
Sobre o Núcleo Luz 
Criado em 2007, o Núcleo Luz faz parte do Programa Fábricas de Culturas da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, gerenciado pela POIESIS. Um projeto que oferece oportunidade a jovens de baixa renda vivenciar a linguagem da dança de maneira mais aprofundada. A participação é gratuita mediante inscrição e processo seletivo. O projeto oferece aos aprendizes matriculados uma programação diversificada de atividades, além de bolsa-auxílio mensal, alimentação e transporte. Veja o vídeo aqui.

https://www.youtube.com/watch?v=eWU1tsQr3os


Serviço:
Data: Quarta-feira, 29 de março, às 15h30 – duração 15 minutos 
Local: Estação Luz da Linha 4-Amarela de metrô
Próximas intervenções: 26/04, 31/05, 28/06, 30/08, 27/09, 25/10  e 29/11
Fotos: https://drive.google.com/drive/folders/0B2PiDddaCn1kQ3dicG5SZVY1V3c

24 de março de 2017

​Lollapalooza 2017: transporte sobre trilhos é a melhor opção

Compartilhe

Estação Autódromo terá operação especial para atender público do megafestival

A CPTM preparou uma operação especial para atender as pessoas que utilizarão a Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú) para chegar ao Festival Lollapalooza, no próximo final de semana, 25 e 26 de março. O público estimado é de 90 mil, tanto no sábado quanto no domingo. Desse total, cerca de 42 mil utilizarão a CPTM.

A estação Autódromo fica a 600 metros do Autódromo de Interlagos, local dos shows. Os portões G, R e N são os mais próximos da estação. O esquema será implantado no sábado (25), a partir das 21h30, até a 1h da madrugada e no domingo (26), a partir das 20h30, até a meia-noite. Nesse período, os intervalos na Linha 9 circularão serão de 4 minutos entre as estações Grajaú e Pinheiros.

Além de trens extras posicionados em locais estratégicos para serem utilizados em caso de aumento da demanda, as estações de maior movimento terão empregados bilíngues, avisos sonoros, cartazes e banners em português e inglês. Para agilizar o embarque na volta, a CPTM recomenda aos usuários comprar antecipadamente os bilhetes de viagem, preferencialmente, levando o dinheiro trocado.

Ao saírem do festival, as pessoas devem estar atentas aos horários de funcionamento dos trens. Para quem for utilizar outras linhas da CPTM ou do Metrô, é preciso se programar para chegar na estação de transferência desejada antes da 1h, no sábado. Assim, por exemplo, quem quiser se transferir para a Linha 4-Amarela, na Estação Pinheiros, deverá tomar o trem na estação Autódromo até 0h20 para chegar a tempo da transferência.

No domingo, os trens da CPTM, do Metrô e da Linha 4 circulam até meia-noite. Os usuários que desejarem fazer a transferência entre as linhas devem embarcar na Estação Autódromo até 23h20.

Para mais informações sobre as linhas de trens e Metrô, consulte:

CPTM
Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121 / Site www.cptm.sp.gov.br
Funciona 24 horas

Metrô
Central de informações: 0800 770 7722 / Site www.metrosp.gov.br
Funciona diariamente das 5h30 às 23h30

ViaQuatro
Central de Atendimento: 0800 770 7100 / Site http://www.viaquatro.com.br
Funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, e aos sábados e domingos, das 8h às 18h
  

Linha 15-Prata terá operação diferenciada neste domingo

Compartilhe

Na Linha 15-Prata, em função de testes no sistema de controle de trens, as estações Vila Prudente e Oratório deverão permanecer fechadas ao público no domingo (26), das 4h40 às 16 horas. Nesse período, os usuários serão atendidos gratuitamente por ônibus do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), que circularão no trecho entre as duas estações até o início da operação.

Para informar sobre as mudanças programadas, haverá emissão de mensagens sonoras pelos sistemas de som das estações e dos trens, colocação de cartazes e publicação de informativos nas redes sociais. O Metrô recomenda aos usuários que programem suas viagens e adquiram os bilhetes antecipadamente.

Em caso de dúvidas, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (0800 770 7722), que atende diariamente, das 5h30 às 23h30.

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).