29 de abril de 2016

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana

Compartilhe

Neste final de semana, dias 30 de abril e 1º de Maio, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

 

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

 

Domingo: das 4h até meia-noite, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Vila Aurora e Caieiras. O intervalo médio entre as estações Luz e Francisco Morato será de 30 minutos. Na Estação Vila Aurora, os usuários deverão fazer transferências de trens.

 

Extensão Linha 7-Rubi (Francisco Morato – Jundiaí)

 

Domingo: das 7h às 18h, as intervenções ocorrerão nos equipamentos de via permanente, nas imediações da estação Várzea Paulista. O intervalo médio entre as estações Francisco Morato e Jundiaí será de 30 minutos.

 

 

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

 

Domingo:  das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Júlio Prestes e Lapa. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 20 minutos.

 

 

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

 

Domingo:  das 7h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Santo André e Capuava. O intervalo médio será 17 minutos em toda a linha.

 

 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

 

Sábado e domingo: das 20h de sábado até meia-noite de domingo, ocorrerão obras de modernização no sistema de rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino. No domingo, das 6h às 22h, também haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Comendador Ermelino e São Miguel Paulista. O intervalo médio em toda a linha será de 35 minutos.

 

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

 

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

 

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

 

27 de abril de 2016

CPTM intensifica estratégias operacionais na extensão da Linha 11

Compartilhe

Para aumentar a oferta de lugares na extensão da Linha 11-Coral (Estudantes-Guaianases), a partir desta terça-feira, 26, a CPTM adotou as seguintes estratégias:

- A operação está sendo realizada por cinco trens de seis carros (vagões) e três trens de oito carros (vagões), totalizando 54 carros (vagões). Antes da ocorrência na subestação, o atendimento era realizado por 10 trens de seis carros (vagões).

- Aumento de 30 para 34 viagens diretas do Expresso Leste, de Luz a Estudantes (sem necessidade de transferência entre trens em Guaianases).

A Linha 11-Coral (Guaianases - Estudantes) está operando com maior intervalo durante os horários de pico, devido aos danos causados à subestação de energia Calmon Viana, que sofreu curto circuito no dia 14 de abril, decorrente de furto de fios. Houve um princípio de incêndio, que atingiu equipamentos importados, os quais são fabricados sob encomenda. A previsão para substituição das peças é de aproximadamente seis meses.

 

A CPTM transporta diariamente cerca de 2,8 milhões de passageiros nas seis linhas. A extensão da Linha 11-Coral, entre Guaianases e Estudantes, é o segundo menor trecho em volume de usuários, com média de 200 mil transportados por dia útil. Já o serviço Expresso Leste que opera na mesma linha entre Luz e Guaianases, transporta 500 mil passageiros por dia útil, e não foi afetado pelo problema da subestação de Calmon Viana. 

 

Por dia, são realizadas cerca de 2.750 viagens, o que equivale a aproximadamente 80 mil km de percurso, representando quase duas vezes a volta em torno da Terra. Além disso, a ferrovia é um sistema que opera a céu aberto, com rede aérea de energia (postes, fios, pantógrafos nos trens ligados a essa rede para alimentação elétrica das composições entre outros) e, por isso, está sujeita às interferências externas provocadas por fenômenos naturais, como chuvas, raios, queda de árvores, como também por terceiros (invasão de faixa ferroviária por pessoas ou veículos, obstáculos jogados na rede aérea, nos trilhos etc.).

 

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

 

19 de abril de 2016

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana

Compartilhe

Neste final de semana prolongado, em razão do feriado de Tiradentes, entre os dias 21 e 24 de abril, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) intensificará as obras de modernização em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Quinta-feira: das 4h às 19h, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Caieiras e Franco da Rocha. O intervalo médio entre as estações Luz e Francisco Morato será de 20 minutos.

Sábado e domingo: das 20h de sábado até meia-noite de domingo, as obras de modernização serão retomadas no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente no trecho entre Perus e Caieiras. O intervalo médio entre as estações Luz e Pirituba será de 15 minutos e, entre Pirituba e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Quinta-feira:  das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede aérea entre as estações Barueri e Jandira. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e, entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

Sábado:  das 17h à meia-noite, ocorrerão obras de modernização das estações Jardim Belval e Jardim Silveira. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e, entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

Domingo:  das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos de modernização das estações Jardim Belval e Jardim Silveira. Das 4h às 15h, a circulação dos trens ficará interrompido entre as estações Barueri e Jandira. Para atender os usuários, serão disponibilizados ônibus gratuitos de conexão para percorrer o trecho afetado. As senhas para utilização desses ônibus deverão ser retiradas no interior das estações Barueri e Jandira, já que as estações Jardim Belval e Jardim Silveira estarão fechadas nesse período.

A partir das 15h, a operação de trens será retomada por via única entre as estações Barueri e Jandira e os ônibus de conexão serão suspensos. Até à meia-noite, o intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e, entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo:  das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede aérea, entre as estações Cidade Universitária e Cidade Jardim. Das 8h às 19h, também serão realizadas intervenções nos equipamentos de via permanente, entre as estações Primavera-Interlagos e Grajaú. O intervalo médio em toda a linha será de 25 minutos.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo:  das 7h às 19h, os trabalhos estarão concentrados na remoção de uma passarela metálica localizada nas imediações da Estação Brás. O intervalo médio será 15 minutos em toda a linha.

Linha 11-Coral (Luz – Guaianases)

 

Sábado: das 20h até o final da operação comercial, as intervenções serão realizadas nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. O intervalo médio entre as estações Luz e Brás será de 11 minutos e, entre Brás e Guaianases, de 25 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, devido aos serviços nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea, a circulação de trens ficará interrompida entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. A opção para os usuários que precisam embarcar ou desembarcas nestas duas estações será a Linha 3-Vermelha do Metrô. O intervalo médio entre as estações Luz e Tatuapé e entre Corinthians-Itaquera e Guaianases será de 15 minutos.

Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)

 

Domingo: das 6h às 19h, em razão das obras de modernização da Estação Poá, o intervalo médio entre as estações Guaianases e Estudantes será de 20 minutos.

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Quinta-feira:  das 4h à meia-noite, ocorrerão intervenções nos equipamentos de via permanente, nas proximidades da Estação Jardim Helena-Vila Mara. O intervalo médio em toda a linha será de 18 minutos.

Domingo:  das 4h à meia-noite, os serviços estarão concentrados nos equipamentos de via permanente entre as estações Itaquaquecetuba e Calmon Viana. O intervalo médio entre as estações Brás e Engenheiro Manoel Feio será de 15 minutos e, entre Engenheiro Manoel Feio e Calmon Viana, de 30 minutos.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

16 de abril de 2016

CPTM publica edital para contratar obras da Estação Francisco Morato

Compartilhe

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) publicou no dia 13 de abril, o edital para licitação das obras de reconstrução da Estação Francisco Morato, na Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí).  O edital estará disponível até o dia 16 de maio nos sites www.cptm.sp.gov.br e www.imprensaoficial.com.br e na rua Boa Vista, 175, térreo, Centro de São Paulo, onde deverão ser retirados os anexos referentes ao edital, por meio de DVD ou pen drive. O recebimento e abertura dos envelopes será no dia 17 de maio, às 10h, no mesmo local de retirada dos anexos do edital. Se não houver recursos administrativos, a estimativa é assinar o contrato em 120 dias. O prazo previsto para conclusão da obra é de 30 meses, a partir da data de assinatura da Ordem de Serviço (OS).

A nova estação terá plataformas amplas e cobertas, elevadores, escadas rolantes, sistema de orientação visual para os usuários e padronização arquitetônica, de acordo com as novas estações da CPTM, além de contemplar todos os itens de acessibilidade.

 

As obras de reconstrução da estação beneficiarão os moradores da zona noroeste da Região Metropolitana de São Paulo, onde embarcam com destino a Jundiaí e a cidade de São Paulo. Diariamente, a estação Francisco Morato atende cerca de 34 mil passageiros. A Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí) atende cerca de 430 mil passageiros por dia e contempla sete municípios, entre eles Caieiras, Franco da Rocha e Campo Limpo Paulista.

 

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

15 de abril de 2016

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana

Compartilhe

Neste final de semana, 16 e 17 de abril, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

 

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

 

Sábado: das 20h até o final da operação comercial, serão realizadas obras de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 12 minutos e, de Caieiras a Francisco Morato, 24 minutos.

 

Domingo: das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos de modernização no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente entre as estações Franco da Rocha e Francisco Morato. Além disso, das 7h40 às 18h40, também haverá serviços de conservação nas passarelas da Estação da Luz. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e, de Caieiras a Francisco Morato, 30 minutos.

 

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

 

Sábado:  das 17h até o final da operação comercial, haverá obras de modernização da Estação Jardim Belval. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e, entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

 

Domingo:  das 4h à meia-noite, prosseguirão os trabalhos de modernização da Estação Jardim Belval. Das 4h às 15h, a circulação dos trens ficará interrompido entre as estações Barueri e Jandira. Para atender os usuários, serão disponibilizados ônibus gratuitos de conexão para percorrer o trecho afetado. As senhas para utilização desses ônibus deverão ser retiradas no interior das estações Barueri e Jandira, já que as estações Jardim Belval e Jardim Silveira estarão fechadas nesse período.

 

Das 14h à meia-noite, a operação de trens ocorrerá por via única entre as estações Barueri e Jandira. Os ônibus de conexão serão suspensos e o intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Carapicuíba será de 10 minutos e, entre Carapicuíba e Itapevi, de 20 minutos.

 

 

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

 

Domingo:  das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede aérea, entre as estações Pinheiros e Morumbi. Das 8h às 19h, também serão realizadas intervenções nos equipamentos de via permanente, nas imediações da Estação Grajaú. O intervalo médio em toda a linha será de 25 minutos.

 

 

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

 

Domingo:  das 4h às 19h, os trabalhos estarão concentrados nos equipamentos de via permanente e no sistema de rede aérea, entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra. O intervalo médio entre as estações Brás e Mauá será 10 minutos e, de Mauá a Rio Grande da Serra, de 30 minutos.

 

 

Linha 11-Coral (Luz – Guaianases)


Domingo: das 4h à meia-noite, as intervenções ocorrerão nos equipamentos de via permanente entre as estações Brás e Tatuapé. O intervalo médio entre as estações Luz e Brás será de 11 minutos e, de Brás a Guaianases, de 25 minutos.

 

 

Linha 11-Coral (Guaianases – Estudantes)


Domingo: das 4h à meia-noite, os serviços serão executados nos equipamentos de via permanente entre as estações Guaianases e Antônio Gianetti Neto. O intervalo médio entre as estações Guaianases e Estudantes será de 22 minutos.

 

 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

 

Sábado e domingo:  das 20h de sábado à meia-noite de domingo, haverá obras de modernização da rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e USP Leste. O intervalo médio em toda a linha será de 35 minutos.

 

 

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

 

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

 

 

 

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

 

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h.
Funcionamento das estações: das 4h às 00h (segunda a sexta e domingos) e das 4h à 1h (sábados)
.
OBS: último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.