15 de dezembro de 2013

Mais de 60 mil passageiros enfrentam superlotação nos trens das linhas 11 e 12 todos os dias

Estação Luz 
Mais de 60,1 mil passageiros enfrentam superlotação nos trens diariamente. Os dados estão em um estudo realizado pela Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos que também aponta o embarque de 126.458 pessoas nas duas linhas de trem da região (11-Coral e 12-Safira). Os dados têm como base o ano de 2010. Os resultados foram obtidos levando em consideração o período da manhã.

A Linha 11-Coral tem a situação mais crítica do Estado de São Paulo. Nela, quase 68% dos passageiros enfrentam trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) lotados. São 84.480 embarques, sendo que 55.684 são considerados como carregamento críticos. O estudo intitula como carregamento crítico quando é ultrapassada a quantidade de seis pessoas por metro quadrado.

Na Linha 12-Safira, a situação é mais tranquila. Dos 41.978 embarques diários, somente 4.418 enfrentam superlotação.

O levantamento também dá um panorama de como serão os embarques nas linhas de trens da região até 2030. O governo estadual estima que neste período, na Linha 11, a quantidade de passageiros de trens deve aumentar 24,4% em comparação com 2010. Em contrapartida, a estimativa é que a superlotação diminua 23,01%. Em 2030, a Linha 11 deve ter 105.098 embarques, sendo 72.870 considerados carregamentos críticos (confira quadro com a evolução dos embarques nesta página).

Na Linha 12, o número de embarques também deve aumentar, porém a superlotação também deverá ter crescimento até 2030. Neste ano, é estimado que 58.907 pessoas utilizem o trem, sendo que 25.165 vão enfrentar superlotação.

“A Rede Futura apresenta uma tendência de diminuição na extensão da rede de trilhos com carregamento acima de seis passageiros/m² no último ano de análise com uma queda de 20% da rede saturada em 2010 para cerca de 6% da rede saturada em 2030”, diz o estudo intitulado "Atualização da Rede Metropolitana de Alta e Média Capacidade de Transporte da Região Metropolitana de São Paulo" elaborado com o apoio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Banco Mundial) e do Japan Bank for International Cooperation (JBIC).

O levantamento aponta que a Estação Suzano é uma das mais movimentadas do Estado com uma demanda superior a 100 mil embarques em horário de pico. O documento afirma ainda que apesar dos investimentos que estão sendo realizados na Linha 11, continua sendo uma das que possuem situação mais crítica entre todas da CPTM.

“A Linha 11 - Coral Expresso Leste continua a ser a linha da CPTM com carregamento crítico mais intenso, apresentando valores semelhantes àqueles de 2010”.

Diário de Suzano

Curta nossa página no facebook

As notícis veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do Blog Diário da CPTM
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).