Direto do MetrôAtualizado em: 17/05/2018 17:41

Metrô
Linha 1 -AzulOperação Normal
Linha 2 -VerdeOperação Normal
Linha 3 -VermelhaOperação Normal
Linha 5 -LilásOperação Normal
Linha 15 -PrataOperação Normal

18 de dezembro de 2013

SP assina contrato para construção da Linha 6-Laranja do Metrô

Com 15,9 km de extensão, novo trecho ligará Vila Brasilândia a São Joaquim e atenderá 633, 6 mil passageiros por dia

O contrato para o início da construção da Linha 6-Laranja do Metrô foi assinado nesta quarta-feira, 18. Com 15,6 km de extensão e 15 estações, a nova linha ligará o bairro da Vila Brasilândia até a estação São Joaquim (Linha 1-Azul), além de fazer integração com a Linha 4-Amarela e com a CPTM (linhas 7-Rubi e 8-Diamante).

"É uma das principais obras de São Paulo com mais de 10 mil trabalhadores e vai beneficiar dois milhões de pessoas", destacou o Governador Geraldo Alckmin.

Conhecido como a "linha das universidades", o novo trecho atenderá os bairros de Brasilândia, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Sumaré e Bela Vista e beneficiará grandes centros educacionais, como a Unip (Universidade Paulista), PUC (Pontifícia Universidade Católica), Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), Mackenzie e FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas).

Construída por meio de uma PPP (parceria público-privada) integral, a nova linha metroviária será também operada pela empresa vencedora da licitação, o Consórcio Move São Paulo, composto pelos grupos Odebrecht, Queiroz Galvão, UTC Participações e pelo Fundo Eco Realty. "Metade do investimento é totalmente privado, e a outra parte é do Governo do Estado. O Governo vai pagar as desapropriações", explicou Alckmin. O valor do empreendimento é de R$ 9,6 bilhões.

Expansão

O Metrô realiza quatro grandes obras simultâneas: a segunda fase da Linha 4 (Vila Sônia-Luz), o prolongamento da Linha 5-Lilás (Largo Treze-Chácara Klabin), e a implantação dos monotrilhos das linhas 15-Prata (Vila Prudente-Cidade Tiradentes) e 17-Ouro (Jabaquara-Morumbi). Ao todo são 55,2 quilômetros e 51 estações em obras realizadas ao mesmo tempo. “Nós temos hoje quatro obras de Metrô simultâneas, o que é um fato raro no mundo”, ressaltou o governador.

Do Portal do Governo do Estado

Nenhum comentário:

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.