Direto do MetrôAtualizado em: 17/05/2018 17:41

Metrô
Linha 1 -AzulOperação Normal
Linha 2 -VerdeOperação Normal
Linha 3 -VermelhaOperação Normal
Linha 5 -LilásOperação Normal
Linha 15 -PrataOperação Normal

5 de dezembro de 2013

Escadarias da estação ainda geram queixas em usuários

Passageiros que precisam acessar as plataformas reclamam da altura dos degraus no acesso em Suzano

Usuários do serviço da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ainda estão insatisfeitos com a escadaria que dá acesso a estação ferroviária de Suzano. Passageiros ouvidos pelo Dat na tarde de ontem reclamaram da altura dos degraus e sugeriram que a companhia estatal faça mudanças no local. A estrutura provisória, que passou a funcionar em janeiro deste ano, também é utilizada para a travessia de um lado a outro da cidade.

Em janeiro de 2013, a CPTM anunciou que o acesso aos trens se daria por meio de uma estação provisória, que foi instalada ao lado da antiga estação. À época, engenheiros da companhia destacaram a qualidade da estrutura, mas os usuários já se declaravam insatisfeitos com a estação, principalmente em relação à altura das escadas e à quantidade de degraus. As reclamações ainda continuam mesmo após quase um ano depois.

"Essa passarela está horrível. Para quem está doente, é pior ainda, porque quando a pessoa chega lá em cima, já está com falta de ar. Esses dias, inclusive, eu vi uma senhora se apoiando no chão, porque não aguentou subir", relatou a aposentada Maria de Lourdes.

Durante o período em que a equipe de reportagem permaneceu em frente a um dos acessos da estação, muitos reclamaram a respeito da estação provisória. A dona de casa Rose Gomes foi uma das usuárias que pararam para fazer reclamações ao Dat. "Isso aqui está péssimo. A escada é muita alta e as pessoas se cansam para subi-la", acrescentou.

Já o aposentado Edson Nascimento questiona o período que a situação provisória ainda deve durar. "Será que vamos sofrer até 2015?", interrogou, ao acrescentar que a CPTM deveria facilitar o acesso aos trens. "Eles poderiam criar passagens por baixo, e não por cima, como fizeram aqui", sugere Nascimento.


Outro lado

A CPTM informou que pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida podem acessar a estação provisória por uma passagem em nível, passando na extremidade leste da plataforma, junto à rampa, sem a necessidade de subir a escada. Aqueles que não possuem direito à gratuidade devem ter bilhete magnético com crédito, já que neste acesso não há bilheteria, apenas bloqueio. Também é necessário apresentar documento. A companhia disse ainda que as equipes da estação estão treinadas para atender e orientar os usuários nestas condições.
A estatal lembra que a situação é provisória e após a reconstrução da estação, prevista para 2014, os passageiros poderão usar escada rolante ou elevador no acesso até a bilheteria.

DAT

Nenhum comentário:

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.