10 de julho de 2013

TRT-SP concede liminar ao Metrô para garantir o funcionamento do sistema metroviário na quinta-feira, 11/7


No último dia 4, o Sindicato dos Metroviários decidiu em assembleia aderir à reve geral prevista para ocorrer a partir da zero hora desta quinta-feira (11/7).

Diante dessa situação, o Tribunal Regional do Trabalho -TRT expediu liminar ao Metrô que obriga o funcionamento do sistema metroviário com 100% do efetivo nos horários de maior movimento (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e 70% nos demais horários.

A liminar foi concedida com a fundamentação de que "a motivação da greve não se trata de mora salarial, nem descumprimento de quaisquer obrigações contratuais", garantindo o funcionamento da operação comercial do Metrô para evitar prejuízos aos usuários e à população de São Paulo.

A Companhia reitera que a decisão de greve não possui amparo jurídico nas relações trabalhistas entre o Metrô e o Sindicato dos Metroviários. As negociações coletivas foram encerradas com sucesso, trazendo avanços significativos para a categoria metroviária e sem prejuízos à população.

O Metrô espera que os empregados tenham o bom senso e a responsabilidade de comparecer ao seu posto de trabalho no dia 11/7, pois não há justificativa para a paralisação do sistema metroviário, que não deve ser utilizado para manifestações políticas.

Da Secretaria dos Transportes Metropolitanos

Postar um comentário

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.