24 de setembro de 2013

Trem para aeroporto de Cumbica começa a ser construído

Governador assina ordem de serviço para início das obras da Linha 13-Jade; construção de extensão da Linha 9 também é autorizada

Com atraso de seis meses, as obras da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) receberam aval do governo do Estado nesta segunda-feira, 23, para serem iniciadas. O ramal ligará a cidade de São Paulo ao Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Região Metropolitana.

Em evento na Estação Palmeiras-Barra Funda, na zona oeste, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou a ordem de serviços para que a construção comece. Ele prometeu a entrega da linha, com quase 12 km de comprimento e três estações, para 2015.

No fim do ano passado, o tucano havia afirmado que as obras começariam em março deste ano e que durariam 18 meses, até por volta de setembro de 2014.

"Nós estamos pensando em fazer a composição deles com o layout com espaço maior, para alguém que queira carregar uma mala de chão, e estamos analisando a possibilidade de colocar um bagageiro leve sobre os assentos. Não é um bagageiro pesado para mala como de avião, mas uma pasta de mão", disse o secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

De acordo com ele, a ideia é atrair executivos para voos de cerca de uma hora, como os que seguem para o Rio e Brasília. A Linha 13 deverá transportar 120 mil passageiros por dia, segundo a CPTM. Para ser construída custará R$ 2,1 bilhões, valor que inclui a compra dos oito trens.

A Estação Aeroporto Internacional de Guarulhos ficará suspensa sobre o canteiro da Rodovia Hélio Smidt e será conectada ao aeroporto por meio do terminal 4, o "puxadinho", o menos movimentado dos três já abertos. Esse terminal é fisicamente desconectado de todos os demais. Para sanar o problema, a concessionária de Cumbica, a GRU Airport, prometeu construir um "people mover" para transportar gratuitamente os passageiros entre os terminais. Ainda não se sabe se será um monotrilho ou um veículo leve sobre trilhos (VLT).

Fernandes disse que a escolha desse local -- e não as imediações dos terminais 1 e 2 ou do futuro terminal 3, que será o maior -- se deve ao fato de que a GRU Airport tem intenção de construir ali um shopping center, com fast food e serviços. "Ali na frente do terminal 4, nós vamos fazer uma asa de acesso direto para Guarulhos. Então, a população, através da estação, vai ter acesso ao aeroporto, para fazer uso de cinemas, shopping."

Os funcionários do aeroporto também devem ser beneficiados, já que hoje contam só com ônibus lotados nos horários de pico para conseguir chegar de transporte público a Cumbica. Trabalham no local cerca de 38 mil, número que deve ultrapassar os 40 mil com a inauguração do terminal 3 no ano que vem.

Linha 9-Esmeralda. No mesmo evento, Alckmin autorizou o início das obras de extensão da Linha 9-Esmeralda até a Estação Varginha, na zona sul da capital. Hoje, esse ramal para em Grajaú. Serão mais duas estações: a intermediária se chamará Mendes-Vila Natal (esse último nome foi acrescentado à nomenclatura original do projeto).

A construção, somada à compra das composições e materia de sinalização, custará R$ 633 milhões e ficará pronta, segundo Alckmin, no fim de 2014, ainda durante o seu mandato. O governo prevê que 110 mil pessoas por dia utilizem as duas novas estações. A extensão do ramal será de 4,5 km.

Fonte: Estadão

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).