17 de agosto de 2013

Homem que pegou trem da CPTM lotado ganha indenização de R$ 15 mil

A Justiça de São Paulo condenou a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a parar R$ 15 mil de indenização a um advogado que pegou um trem lotado, segundo informações publicadas neste sábado pelo jornal Folha de S.Paulo. O caso ocorreu no dia 2 de fevereiro de 2012, quando o homem embarcou por volta das 18h na estação Pinheiros da linha 9-esmeralda, com destino à estação Granja Julieta.

De acordo com o jornal, o homem afirmou que quando entrou no vagão, não conseguiu sentar, mas a quantidade de pessoas estava normal. Contudo, nas estações seguintes, um tumulto se formou pela grande quantidade de pessoas, e os funcionários da CPTM não auxiliavam na organização do fluxo de passageiros. O advogado desceu na estação Morumbi, uma antes de seu destino, onde tirou fotos e fez vídeos antes de voltar a pé para casa. A CPTM afirmou ao jornal que vai analisar as medidas judiciais cabíveis. A empresa pode entrar com recurso da decisão.

Terra

Postar um comentário

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.