Direto do MetrôAtualizado em: 17/05/2018 17:41

Metrô
Linha 1 -AzulOperação Normal
Linha 2 -VerdeOperação Normal
Linha 3 -VermelhaOperação Normal
Linha 5 -LilásOperação Normal
Linha 15 -PrataOperação Normal

22 de agosto de 2013

Passeio de trem a Jundiaí inclui degustação de vinho em fazenda

Com partida em todos os sábados, a rota do Expresso Turístico para Jundiaí permite conhecer fazendas onde há degustações de vinho.

Os tíquetes, que custam a partir de R$ 34 por pessoa, ficam à venda nas bilheterias das estações Luz (centro de São Paulo) e Santo André. Os roteiros guiados, que levam às plantações, são pagos à parte e custam a partir de R$ 86 por pessoa.

O trem parte da estação da Luz às 8h30, e a viagem dura cerca de uma hora e meia. Os passageiros são levados em dois vagões construídos na década de 1960 e reformados para o projeto.

Na viagem, o trem passa por estações que conservam parte da estrutura original projetada no século 19 e são tombadas pelo Patrimônio Histórico, como Jaraguá, Perus e a parada final, Jundiaí. O caminho também é bastante marcado pelo verde, que começa já a partir de Pirituba.

Pelo sistema de som do trem, um guia turístico conta a história dos prédios pelo caminho. Os guardas, que usam uniformes retrô, trabalham como chefes de estação na CPTM durante a semana

ROTEIROS GUIADOS

A Rizzatour oferece roteiros guiados pagos à parte. A cada fim de semana, são oferecidos três passeios diferentes, que incluem visita a um parreiral e degustação de vinhos produzidos ali, a um pomar onde são cultivadas frutas e a uma fazenda criada em 1810.

Os pacotes podem ser comprados em um balcão na estação da Luz ou pelo telefone 0/xx/11/4527-2000.


Informe-se sobre o Expresso Turísticohttp://guia1.folha.com.br/guia/passeios/historiaecultura/376067/expresso_turistico?q=expresso+tur%EDstico&interval=all


Fonte: Folha
Via Diário da CPTM

Nenhum comentário:

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.