2 de junho de 2013

Ferraz: CPTM deve instalar nova passarela ainda neste mês

Passagem elevatória é construída a menos de 200 metros da que foi demolida
Construção vai ficar no mesmo local, onde definitiva foi demolida, mas não acessa estação

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou que a instalação de uma nova passarela provisória no centro de Ferraz de Vasconcelos deverá ser concluída até o fim deste mês. Essa passagem elevatória de pedestres está sendo construída a menos de 200 metros da passarela interna da estação que foi demolida em 2012 para dar lugar à nova estação, cuja construção só deverá ficar pronta no final de 2014.

Questionada pelo Dat sobre a necessidade de se construir uma passarela de uso provisório, tão próxima de um acesso sobre os trilhos já existente, a assessoria de Imprensa da CPTM argumentou que a obra da nova passarela provisória ficará pronta até o final do próximo mês. A remoção da passarela metálica ali existente é necessária para viabilizar a construção da nova estação, cuja extensão abrangerá aquele espaço.

O jornal também pediu à CPTM a divulgação de um balanço das obras já executadas pelo consórcio TSJ Ferraz, contratado em 2010 para implantar a nova estação na área central da cidade. A Companhia informou que a reconstrução da estação Ferraz de Vasconcelos, na Linha 11-Coral (Luz/Estudantes), segue o cronograma previsto. Além das obras das vias provisórias, também estão em execução a estrutura em concreto. Parte dos acessos da nova estação como a instalação dos pilares do lado sul, a demolição da passarela de concreto e parte da antiga estação já foi concluída. A estatal preferiu não informar quantos por cento do projeto já foi executado.


Histórico
A obra da nova estação ferroviária de Ferraz começou em 2010 e a sua conclusão chegou a ser anunciada para o final do ano passado. Mas nos dois primeiros anos, os trabalhos foram executados com lentidão o que levou o ex-prefeito Jorge Abissamra (PSB) a aplicar uma multa de R$ 100 mil à CPTM em razão de uma paralisação no canteiro de obras.

Até esse momento, o consórcio contratado por meio de licitação para erguer a nova estrutura de embarque de passageiros, fez a estação provisória que foi aberta ao público em 2011. Em 2012, a contratada demoliu a passarela de pedestres construída na parte externa da estação velha. Agora o consórcio se prepara para demolir a passarela interna da estação derrubada no ano passado.

A passarela provisória que ficará pronta nas próximas semanas será usada pela população que precisa passar de um lado para o outro da cidade. De acordo com informações da CPTM e da Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos a nova estação de Ferraz custará entre R$ 42 milhões e R$ 46 milhões. Mais de 30 mil pessoas usam todos os dias a estação provisória.

Fonte: DAT
Bras Santos
De Ferraz
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).