7 de junho de 2014

Novo dia de greve do metrô de São Paulo

A cinco dias do início da Copa do Mundo, parte das estações de metrô de São Paulo amanheceram em greve, incluindo a que dá acesso ao estádio Arena Corinthians, sede da partida de abertura do Mundial.
Os jornalistas e trabalhadores que foram ao estádio para retirar as credenciais foram obrigados a caminhar cerca de um quilômetro, sem indicações visuais, até chegar ao Itaquerão.

A saída da estação Corinthians-Itaquera tem várias passarelas que levam até a entrada do estádio, mas seu fechamento obrigou as pessoas a darem uma grande volta.

A greve começou na quinta-feira por tempo indeterminado, sendo o sindicato dos metroviários de São Paulo, que não entraram em acordo com a empresa.

Segundo as previsões, o metrô será o principal meio de transporte dos torcedores para ir à Arena Corinthians durante o Mundial.

Assim como aconteceu ontem, três das cinco linhas ficaram parcialmente paralisadas enquanto as outras duas funcionaram normalmente, embora várias estações estivessem fechadas para os milhões de usuários.

Yahoo
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).