9 de junho de 2014

Fifa nega plano B e diz que greve no metrô tem de ser resolvida

Entidade contraria discurso de ministro e alerta para o uso do transporte público

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, contrariou nesta segunda-feira (9) o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e disse que não existe um "plano B" para a questão do transporte em São Paulo.

O dirigente admitiu estar preocupado com a greve dos metroviários, que tem prejudicado o trânsito paulistano, a três dias do jogo de abertura do Mundial na cidade.

"Não existe plano B sobre transporte para o Itaquerão no dia da abertura. Apostamos no transporte público e essa questão tem que ser resolvida", disse o francês.

A cobrança de Valcke vai contra o discurso amenizado adotado por Rebelo na última quinta-feira (5). Na ocasião, o ministro disse que exista um plano alternativo que seria posto em prática caso a greve continuasse.

Já o presidente eleito da CBF, Marco Polo del Nero, classificou a paralisação como "probleminha" e afirmou que o torcedor poderia ir ao estádio de carro, contrariando orientação da Fifa para que o público se locomova até a arena usando transporte público.

"Há situações em que não podemos interferir. Essa não é nossa responsabilidade, mas sim da União", completou Valcke, sobre a greve.

Fonte: JCNet

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).