11 de novembro de 2013

Problema no sistema de energia afeta circulação de trens na Linha 11

Um problema no sistema de energia na Linha 11, da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM), prejudicou a circulação das composições entre Guaianazes e Estudantes no começo da tarde desta segunda-feira (11). De acordo com a CPTM, o problema foi solucionado às 14h10.

A estudante de jornalismo Giovana Iniesta foi uma das prejudicadas. Ela, que vinha de São Paulo, diz que levou mais de três horas para chegar a Mogi das Cruzes. Trajeto que, segundo ela, é feito em 1h10.

"Quando chegamos a Suzano todos tiveram de descer. Ficamos esperando um novo trem. Ele veio muito cheio e, quando já estávamos entre as estações Jundiapeba e Brás Cubas, o trem parou. Depois esse mesmo trem retornou para Jundiapeba e tivemos que pegar outra composição", explicou a jovem.

Normalizado
De acordo com a assessoria de imprensa da CPTM, o defeito foi detectado na região da estação de Calmom Viana, mas afetou a estação de Jundiapeba. Equipes de manutenção foram acionadas e parte do sistema de energia teve de ser desligado. A CPTM informou ainda que os passageiros foram obrigados a fazer uma baldeação (troca de trem) na estação de Jundiapeba até que o problema fosse solucionado, às 14h10.

G1

Curta nossa página no facebook
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).