6 de abril de 2013

Após cerca de cinco horas, estações da CPTM voltam a funcionar


Após princípio de incêndio interromper a circulação dos trens das seis linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) por cerca de cinco horas, a companhia informou que às 17h deste sábado (6) quatro linhas voltaram a funcionar. Segundo a CPTM, todas as estações das linhas 7, 8, 9, 10, 11 e 12 abriram para o público.

O Corpo de Bombeiros foi acionado pela companhia para uma ocorrência no CCO (Centro de Controle de Operações) da Estação Brás. O R7 apurou que o problema teria ocorrido na área de baterias do CCO. São elas que permitem que os sistemas de controle e de sinalização funcionem mesmo quando há queda de energia.

Por volta das 13h, o local precisou ser evacuado, obrigando a CPTM a suspender toda a operação. De acordo com a companhia, o fogo foi controlado rapidamente.

O governo do Estado divulgou nota informando que técnicos da CPTM trabalhavam para solucionar o problema, e "a orientação oficial para os passageiros é para que utilizem o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese), com ônibus gratuitos, disponíveis nas estações". Ainda de acordo com a nota do governo, nenhum passageiro chegou a ficar preso nos trens após a paralisação.

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos atende a 89 estações num total de 22 municípios, ao longo de seus 260,8 quilômetros de linhas operacionais.



R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).