24 de maio de 2013

Artigo: Gosta de Futebol? Bora jogar uma partida nos trens do Metrô e da CPTM?


Conversando com meu amigo Douglas, ele me deu a seguinte dica: "Já percebeu que todos os dias é como se os usuários dos trens e do Metrô estivessem em uma partida de futebol?".

Se pararmos para pensar, principalmente nas estações onde os trens abrem as portas dos dois lados, o jogo começa no horário de pico. Nessa partida, enquanto o trem não chega, as pessoas de cada uma das plataformas fazem parte do mesmo time.

Todas estão ansiosas pelo prêmio máximo: entrar e sentar, ou pelo menos, no meu caso, me manter viva, sem levar socos e pontapés! Elas ficam se encarando com aquela expressão "sangue nos olhos", tão comum nos campos, e tenho certeza que um dos pensamentos que aparece mais forte nesse momento é: vai abrir desse lado e nós vamos ganhar!
Mas ao mesmo tempo em que existe essa cumplicidade momentânea da galera que veste a mesma camisa, ou melhor, que está na mesma plataforma, eles se tornam adversários assim que o trem estaciona.

Nesse momento, é jogador que chuta o próprio companheiro, empurra para fora do campo, enfim, é um salve-se quem puder.

Muitos expectadores que assistem a transmissão desse clássico do dia a dia já não sabem mais para quem torcer, porque ali o que reina é a individualidade, infelizmente.
Depois desse primeiro tempo de sufoco e de marcação cerrada, ele ainda não acaba. No trajeto, ainda existirão as paradas e nelas, mais jogadores se unem e novos conflitos surgem onde os que estão fora querem entrar e os que precisam descer, bom, coitados, nem com pênalti sem goleiro conseguem marcar o gol.

Nessas horas, às vezes, os bandeirinhas aparecem para colocar ordem na bagunça. Colocam fita de contenção e ordenam a saída dos jogadores machucados, para que a substituição seja feita. Mas assim como na vida real, são raras essas cenas. Ainda tem o juiz, que controla todo o time, parando, freando e acelerando quando pode.

No fundo, o que todos querem é conseguir seu objetivo maior: não levar o cartão vermelho do chefe por mais um atraso!

Andréia Garcia é coordenadora de projetos em ERP e autora do blog www.aviajantedotrem.com.br.


Andréia Garcia, A Viajante Do Trem
DAT
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205