1 de junho de 2015

Metroviários aceitam proposta e desistem de greve em SP

Os funcionários do Metrô de São Paulo aceitaram na noite desta segunda-feira (1º) a proposta de reajuste salarial oferecida pela empresa e desistiram da greve que poderia começar na terça-feira.
Em assembleia da categoria no Sindicato dos Metroviários foi decidido entrar em acordo com a companhia e encerrar a negociação salarial e o estado de greve (quando os funcionários informam à Justiça e à empresa da possibilidade de paralisação).

Um acordo parcial havia sido fechado à tarde no núcleo de conciliação do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 2ª Região. Na reunião, o Metrô aumentou a proposta de reajuste salarial feita aos metroviários: na semana passada havia oferecido 7,21%, hoje chegou aos 8,29%.

O índice inclui a inflação acumulada desde o último reajuste –7,21% segundo a Fipe– mais 1,08% de aumento real. O Metrô também ofereceu reajuste de 10% nos benefícios vale-refeição e vale-alimentação.

No início da negociação, os metroviários pediam aumento de 18,64% nos salários e de 10,08% nos benefícios. Altino de Melo Prazeres Júnior, presidente do sindicato, disse que a proposta final ficou "longe da ideal", mas considerou que houve avanço na negociação.

Também fez parte do acordo uma alteração nos critérios de pagamento do PPR (Programa de Participação nos Resultados). Inicialmente o Metrô pretendia incluir no cálculo um índice de cumprimento de metas, que na prática poderia reduzir os pagamentos.

Os funcionários foram contra e, após negociação, ficou definido que as metas serão incluídas apenas em parte do pagamento do PPR. Por sugestão da desembargadora Ivani Bramante, a empresa também se comprometeu a rever as metas, em conjunto com os funcionários, para aplicação a partir de 2016.

O último reajuste salarial dos metroviários foi de 8,7% e ocorreu em junho do ano passado. Na ocasião, a categoria ficou cinco dias em greve depois que tentativas de negociação fracassaram, e o reajuste precisou ser definido pela Justiça.

O Metrô tem cerca de 9.600 funcionários, e dois terços deles são responsáveis diretos pela operação. O piso da categoria hoje é de R$ 1.606,69.

CPTM

Funcionários da CPTM também estão em negociação salarial e ameaçam parar os trens na próxima quarta (3). A categoria reivindica agora 9,29% de reajuste, enquanto a empresa propõe aumento de 7,72%. As duas partes devem se reunir em uma nova reunião de conciliação nesta terça.

FOLHA DE S.PAULO
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205