24 de março de 2014

Acredite se quiser Obra da nova estação Suzano da CPTM não deve ficar pronta neste ano

suzano


















Os primeiros 100 dias do ‘ano novo’ já se foram e as obras para a construção da nova estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM)  no centro e Suzano estão ‘praticamente’  com a mesma cara que estavam no final de 2013, ou seja, quase não avançaram. Ou pelo menos não avançaram com a velocidade esperada pelos cerca de 40 mil usuários que todos os dias precisam subir e descer cerca de 200 degraus da estação provisória para ter acesso aos trens que circulam pela chamada linha 11 entre as estações Luz-Guaianazes e Estudantes em Mogi das Cruzes. 

Desde o segundo semestre do ano passado a reportagem do Jornal Oi tem denunciado a injustificável morosidade e lentidão da obra para a construção da nova estação da CPTM, cuja inauguração chegou a ser cogitada para o final do ano de 2012.  

O final de 2012 chegou e passou, final de 2013 também já passou, mas a construção segue em ritmo bastante lento. Não faz muito tempo a reportagem do Jornal Oi questionou o secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Jurandir Fernandes, sobre a lentidão das obras e atraso para inauguração da obra que até final passado tinha um custo estimado em mais de R$ 42 milhões. 

A CPTM é vinculada à  Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado. Jurandir Fernandes garantiu que apesar da lentidão das obras e do fato de que somente 50% da construção foi executado desde 2011 quando os trabalhos foram iniciados; as obras ficarão prontas e poderão ser inauguradas em outubro e dezembro deste ano. 

O jornal obteve, porém, a informação de que a obra não mais será finalizada este ano. Segundo esse pessoa que tem acesso a informações de bastidores no governo do Estado, a nova estação de Suzano deverá ser entregue no primeiro trimestre de 2015. 

Pelo ritmo atual das obras tudo indica que a entrega da estrutura poderá mesmo demorar mais um ano. Espera-se que as autoridades políticas de Suzano e até entidades como o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) interfiram de forma rigorosa junto a direção da CPTM e ao governo do Estado para que essa obra seja finalizada o mais rapidamente possível.

Fonte: O Diário
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Anônimo disse...

Mais tempo para continuar roubando

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).