Direto do MetrôAtualizado em: 17/05/2018 17:41

Metrô
Linha 1 -AzulOperação Normal
Linha 2 -VerdeOperação Normal
Linha 3 -VermelhaOperação Normal
Linha 5 -LilásOperação Normal
Linha 15 -PrataOperação Normal

2 de agosto de 2014

Metrô amplia horário de operação da estação Adolfo Pinheiro

A estação Adolfo Pinheiro da linha 5-lilás do metrô de São Paulo passará a operar em horário considerado comercial a partir deste sábado (2). Ela foi inaugurada em fevereiro, mas estava em fase de testes desde então, com horário reduzido.

Esta é a primeira estação da ampliação da linha 5, obra de 11,5 km que vai chegar até a estação Chácara Klabin, na linha 2-verde, passando pela linha 1-azul. A previsão é que a obra seja entregue em 2016.
A expectativa do Metrô é que 14 mil usuários passem pela estação todos os dias. Com o funcionamento da Adolfo Pinheiro, a linha 5 cresceu 1,2 km e a rede paulistana chegou a 75,5 km.

Por ser um sábado, a estação vai operar das 4h40 à 1h no primeiro dia de operação ampliada. Nos demais dias da semana, ela vai funcionar das 4h40 à 0h, como as demais estações do Metrô.

Durante o tempo de testes, a estação Adolfo Pinheiro operou das 10h às 15h, de segunda à sexta-feira. Em quase seis meses de operação assistida, ela recebeu mais de 270 mil pessoas. Por dia, a média de usuários na estação foi de 2,8 mil.

ATRASO
A inauguração da estação foi adiada repetidas vezes até a inauguração, em 12 de fevereiro. Foram três diferentes datas anunciadas entre dezembro de 2013 e fevereiro deste ano.

Mas o atraso da obra foi ainda maior. As escavações para a construção da estação começaram em 2009, com a promessa de ela ficar pronta em meados de 2010.

Segundo o Metrô, o cronograma foi prejudicado pela troca de uma adutora antiga e por interrupções determinadas pela Justiça no processo que apura suspeitas de fraude na licitação da linha.

Fonte: UOL

RESPONSABILIDADE

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.