5 de dezembro de 2016

Estação da Luz recebe roda de samba nesta segunda-feira

Para celebrar o centenário do Samba, a também centenária Estação da Luz abre suas portas para uma roda de samba nesta segunda-feira, dia 5, a partir do meio-dia. Os usuários que passarem pela estação, que atende as Linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM, poderão dar uma “paradinha” no horário do almoço para aproveitar a festa.
Representantes de diversas comunidades sambistas irão compor a roda de samba, que celebra os 100 anos do ritmo e também seu Dia Nacional, comemorado em 2 de dezembro.
O projeto é uma parceria da CPTM com o Projeto Samba de Todos os Tempos, de Markinho Dikuã, que também é parceiro no projeto Samba no Trem, realizado há 10 anos em homenagem ao Dia Nacional do Samba, na Linha 9-Esmerlada.

Origem da comemoração

O Brasil é conhecido internacionalmente pelo samba, estilo musical que é uma das principais manifestações da cultura popular. O Dia Nacional do Samba foi criado em homenagem ao sambista Ary Barroso (1903 – 1964), e foi instituído pelo vereador baiano Luís Monteiro da Costa. A data marcou o dia em que Ary Barroso visitou a Bahia pela primeira vez, em 2 de dezembro de 1940. O nascimento do ritmo musical aconteceu anos antes, em 1916, com o lançamento da música “Pelo telefone”, considerada o primeiro samba do país.

Serviço: 

Roda de Samba - Comemoração ao Centenário do Samba  
Dia: 05/12, segunda-feira
Local: Estação da Luz
Horário: 12h


CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).