14 de dezembro de 2016

BNDES interrompe financiamento para a compra de 35 trens da CPTM

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) suspendeu um financiamento que havia sido concedido para o governo paulista comprar 35 novos trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). A informação foi divulgada pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a retirada do financiamento aconteceu porque a CAF do Brasil, vencedora da licitação, não conseguiu cumprir o índice de nacionalização de 60% em peso dos veículos, exigido pelo banco para liberar o recurso.

"De acordo com a fabricante, parte dos fornecedores de componentes e de peças de trens sediados no país descontinuaram suas produções, obrigando a empresa a importar mais componentes para que a produção dos trens não fosse interrompida", afirmou a pasta, em nota.

O financiamento de R$ 982 milhões foi concedido em 2014 para a compra de 35 trens. Desses, apenas 12 foram entregues, sendo que sete estão em funcionamento nas linhas 7-rubi e 11-coral e os demais estão ainda em fase de testes. Os 23 trens restantes continuam em produção e deverão ser entregues em 2017, agora com recursos do próprio governo do Estado.

O ideia do governo paulista é concluir a compra dos demais trens com recursos que estavam reservados para as obras da rodovia dos Tamoios. Essa por sua vez receberia os recursos do BNDES antes previstos para a CPTM. Para fazer esse remanejamento o governo encaminhou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa.

Uma pesquisa do transporte metroferroviário de passageiros, divulgada nesta segunda (12), mostra que a rede de metrôs, trens urbanos e VLTs no Brasil cresceu apenas 7% entre 2012 e 2015, enquanto os passageiros cresceram 38% no mesmo período, o que corresponde a 170 milhões de novos usuários.

Com informações da Agência Brasil 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).