21 de agosto de 2015

Metrô diz que não encontrou imagens que comprovem abuso coletivo

Testemunha relata que grupo de pessoas no vagão mandava encoxador estuprar vítima

 

O Metrô de São Paulo entrou em contato com o R7 na noite de ontem, quinta-feira (20) para relatar que não encontraram nenhuma cena onde a suposta vítima de abuso coletivo e a jovem que a ajudou aparecessem.

Além disso, não há registro de boletim de ocorrência nem de testemunhas do caso.

 

Nota é referente ao suposto caso de abuso sexual que aconteceu na manhã de quinta-feira (20), na estação Bresser-Mooca da Linha Vermelha do Metrô. De acordo com um relato publicado nas redes sociais, a jovem teria pedido para que o agressor parasse de encoxá-la, quando ele iniciou a discussão. Foi então que uma terceira pessoa teria gritado: “Estupra ela para ela saber o que é ser encoxada de verdade”. Então o suspeito e outro homem teriam agarrado no braço da vítima, embalados pelos gritos de um grupo de pessoas que dizia: “Estupra, estupra”.

 

A testemunha ajudou a vítima a sair do vagão e, junto com ela, procurou os funcionários do Metrô para pedir ajuda. Foi quando os funcionários teriam dito que nada poderia ser feito e que a jovem era a única que poderia depor, que o depoimento da testemunha não seria considerado. Acontece que, segundo o relato, a vítima estava em choque e em prantos, totalmente sem condições de falar.

 

A vítima então ligou para parentes e a testemunha aguardou a chegada deles para seguir viagem. O namorado da vítima está também em contato com o Metrô para conseguir explicações.

 

R7 - http://noticias.r7.com/sao-paulo/metro-diz-que-nao-encontrou-imagens-que-comprovem-abuso-coletivo-20082015

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).