20 de setembro de 2014

Tarifa do metrô 'provavelmente' não terá reajuste em 2015, diz secretário

O Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes, disse na manhã de quinta-feira (18) que a tarifa dos trens da CPTM e do Metrô não deve ter aumento no próximo ano. Questionado sobre o possível aumento, ele respondeu. "Provavelmente não". 

Jurandir participou de evento de lançamento de pesquisa sobre mobilidade feita pelo Ibope, a pedido da Rede Nossa São Paulo. Ele disse, porém, que será feita para o próximo ano uma análise dos índices e da necessidade do aumento.

O último aumento tentado pelo governo foi em 2013. Em junho daquele ano, no entanto, o governo estadual e a Prefeitura de São Paulo suspenderam o aumento, também válido para os ônibus, em razão dos protestos de rua. A passagem, que custava R$ 3,20, voltou a custar R$ 3.

Já o prefeito Fernando Haddad (PT) disse que a Prefeitura realiza em parceria com o governo do estado um estudo sobre o valor da tarifa do transporte público. "Nós estamos esperando os estudos em conjunto ficarem prontos, pergunta para o governador", disse Haddad.

O prefeito foi desmentido pelo secretário Jurandir Fernandes e pelo seu próprio secretário de Transportes, Jilmar Tatto. "Não há nada feito neste sentido no Metrô", disse Jurandir após ser questionado pelo estudo pelos jornalistas. "Não tem esse estudo. Não existe. Os parâmetros que você usa para aumentar a tarifa geralmente são os parâmetros da inflação, você pode usar um instituto ou outro ou fazer uma média", afirmou. "Nós não estamos conversando nem internamente na Secretaria de Transportes e nem com a Secretaria de Transportes Metropolitanos".

Tatto não se posicionou sobre um possível reajuste da tarifa dos ônibus em 2015.

Pesquisa

"Ela mostra uma tendência bastante importante que a população está valorizando fortemente o espaço urbano para o transporte coletivo", disse Jurandir Fernandes sobre a pesquisa feita pelo Ibope sobre Mobilidade Urbana e divulgada pela Rede Nossa São Paulo.

O secretário de Transportes Metropolitanos também ressaltou que a bicicleta vem ganhando espaço.

G1
Por Tatiana Santiago
Do G1 São Paul
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).