25 de maio de 2017

Estação Júlio Prestes recebe maquete e réplicas de trens

Evento celebra os 25 anos da CPTM criada em 28/05/92

No domingo (28), a CPTM completa 25 anos e a Estação Júlio Prestes, na Linha 8-Diamante, terá uma programação especial neste final de semana para celebrar a data. O público poderá visitar uma exposição composta por maquetes ferroviárias de diversas regiões do Brasil, além de fotos e workshops sobre o tema.

No sábado e domingo, das 10h às 17h, os amantes do ferreomodelismo terão a oportunidade de participar de rodas de bate-papo e workshops sobre o mundo da ferrovia, que neste ano também comemora os 150 anos da SPR – São Paulo Railways, primeira estrada de ferro do País.

A primeira maquete modular construída no Brasil ficará exposta, por meio de uma parceria com o FerreoClube do ABC – proprietário do exemplar. Com seis metros de comprimento e quatro metros de largura, a maquete é formada por modelos confeccionados em escala reduzida de veículos e estruturas ferroviárias como trens, bondes, automotrizes, além de miniaturas de cenários em torno das vias férreas.

Serão 12 módulos, que ao serem unidos criam um ambiente natural, simulando uma viagem de trem pelos trilhos. Algumas das paisagens representadas pelos módulos, de 90 cm de comprimento e 60 cm de largura, são fictícias. Outras reproduzem cenas de áreas urbanas e rurais, entre as quais a Vila de Paranapiacaba, em Santo André. No percurso do trem, é possível visualizar uma escavação arqueológica e a reprodução da Capela de Santa Cruz, em Rio Grande da Serra.

Réplicas de uma locomotiva elétrica, com 2 metros de comprimento, e de um trem unidade Toshiba, com 70 cm, ambos cedidos pelo Museu Ferroviário de Sorocaba por meio de uma parceria com a Sorocabana – Movimento de Preservação Ferroviária, estarão expostas. Uma maquete de siderúrgica e um diorama com montanhas, ambos da APFMF (Associação Paranaense de Ferreomodelismo e Memória Ferroviária), completam a exposição.

A locomotiva elétrica faz parte da história da Júlio Prestes, pois tracionou trens de passageiros entre o interior e a estação até o fim da década de 1990. Já o Trem Unidade Toshiba encerrou suas operações comerciais na CPTM em 2009.

O Ferreoclube do ABC
Criado em 2008, o grupo é formado por amantes do ferreomodelismo, atividade que consiste na construção de modelos em escada reduzida (1:87) de veículos e estruturas ferroviárias. Com sede em Santo André, cada integrante é responsável pela montagem de seu módulo. Atualmente contam com 30 módulos, que somam mais de 45 metros de trilhos em duas vias e diversos ramais. Para mais informações: http://www.ferreoclubeabc.com/



Sorocabana – Movimento de Preservação Ferroviária
Criada em maio de 2015, a associação promove a cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico da Estrada de Ferro Sorocabana e da Estrada de Ferro Elétrica Votorantim. Neste final de semana, a associação lançará a campanha “Sorteio Solidário” para arrecadar recursos que serão utilizados no projeto de implantação do Centro de Memória Ferroviária.

APFMF (Associação Paranaense de Ferreomodelismo e Memória Ferroviária)
Criada em 2007, em Curitiba, a associação incentiva o ferreomodelismo e a preservação da memória ferroviária, por meio de intercâmbio de informações técnicas e culturais e da divulgação da história das ferrovias no Paraná e no Brasil. Com autorização do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), os integrantes se reúnem em uma área da estação ferroviária de Curitiba.

Serviço:

Evento: 150 Anos de História em miniatura – CPTM 25 Anos
Atrações: Exposição de Maquetes, mostra fotográfica e workshops.
Local: Estação Júlio Prestes (plataforma isolada)
Datas: 27 e 28 de maio (sábado e domingo)
Horário: das 10 às 17h
Grátis

CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).