2 de abril de 2015

Secretário confirma início de operação comercial do monotrilho das 7 às 19h neste mês

Na segunda-feira, dia 30, durante vistoria às obras da Linha 5 – Lilás, no Ibirapuera, o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, declarou que o trecho de menos de três quilômetros entre as estações Vila Prudente e Oratório da Linha 15 – Prata do monotrilho será ampliado para 12 horas de funcionamento diário no final do mês, com início da cobrança de tarifa. Aberto ao público em agosto passado, por enquanto, o transporte opera apenas das 9 às 14h, gratuitamente.

 

“A ideia era expandir o horário nos primeiros dias de abril, mas enfrentamos dificuldades com a questão da energia, que é um contrato entre as empresas Siemens e MPE. Porém, a MPE está com problema na Operação Lava Jato. Então, a Siemens está assumindo os serviços e, até o final de abril, a Linha 15 passará a funcionar comercialmente das 7 às 19h”, explicou Pelissioni.

 

O secretário não soube informar quando o monotrilho começará a operar no mesmo período do metrô convencional, das 4h40 à 0h. “Estamos trabalhando em etapas, e a próxima, depois da expansão de horário no final de abril, é estender ainda mais este atendimento em agosto”, informou Pelissioni.

 

Novas estações

 

Embora negue erro de projeto, em dezembro de 2014 a Companhia do Metropolitano - Metrô passou a admitir que, para construir as três estações restantes na avenida Anhaia Mello: São Lucas, Camilo Haddad e Vila Tolstoi, precisará desviar o Córrego da Mooca, que passa sob a via, atrasando ainda mais a entrega do novo trecho do monotrilho. A última previsão anunciada para a inauguração das novas paradas era final de 2015.

 

Mas, o que todos já esperavam foi confirmado por Pelissioni nesta semana: “Em abril começaremos as obras para desviar o córrego. Esse trabalho vai demorar 15 meses e, a partir do seu término, em 2016, será possível iniciar a construção das três estações restantes da Anhaia Mello”.

 

O monotrilho está projetado para ter 26,3 quilômetros de extensão, com 18 estações, ligando o Ipiranga à Cidade Tiradentes. O anúncio de início das obras do transporte na Anhaia Mello foi no final de 2009, pelo então governador José Serra (PSDB), em visita ao São Lucas. Na ocasião, a promessa era funcionar já em 2010.

 

Fonte: http://www.folhavp.com.br/

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).