9 de abril de 2013

Parceria vai restaurar patrimônio ferroviário de Mairinque

Datada de 1906, a estação de Mairinque é um dos mais importantes monumentos históricos ferroviários do Brasil. Além da estação, casas antigas situadas em seu entorno também serão revitalizadas

Uma parceria entre a Prefeitura de Mairinque e o Senai de Sorocaba vai restaurar o patrimônio ferroviário da cidade. O projeto de implantação de um curso de restauro para revitalização do patrimônio da cidade foi assinado na última sexta-feira (5).

A parceria vai restaurar paulatinamente, além da estação ferroviária local, as casas antigas situadas em seu entorno. Mais antigas que a própria estação (datada de 1906), este ato representa um marco de retomada do patrimônio histórico na cidade, relegada ao esquecimento por muitos anos.

O professor Júlio Barros, restaurador e membro do Núcleo de Preservação do Patrimônio Histórico do Senai-SP, disse que “Mairinque está dando um passo à frente, restaurando e valorizando a estação ferroviária que um dia deu vida e contribuiu para o crescimento da cidade”. Sua equipe já identificou pelo menos 200 casas que estão em torno da estação, fazendo a prospecção das edificações, conversando com moradores, recolhendo material para análise e identificando as características arquitetônicas que foram empregadas no período da construção.

O projeto se inicia na primeira quinzena de maio, com as oficinas experimentais concebidas e orientadas pelo Projeto Técnico Pedagógico de Formação Profissional do Senai-SP. As oficinas serão dirigidas a jovens de ambos os sexos, com idade entre 18 e 30 anos. Eles serão treinados a restaurar diferentes tipos de materiais, passando por estruturas argamassadas, pintura e metais. Para realizarem seu curso receberão uma bolsa-ofício, além de terem todos os materiais das oficinas oferecidos de maneira gratuita. Os cursos contam com investimentos do Senai-SP e do Sindicato da Construção Civil, Sinduscom, valioso parceiro.

A estação ferroviária de Mairinque

A estação ferroviária de Mairinque apresenta características próprias. Uma delas é que o prédio está localizado em um aterro elevado, implantado entre duas linhas férreas, Estradas de Ferro Sorocabana e Ituana, constituindo uma estação-ilha, tipologia explorada pelo arquiteto Victor Dubugras e pouco encontrada na malha ferroviária do Estado de São Paulo.

Outra característica é a solução simétrica do edifício, que organiza as funções principais de uma estação ferroviária. Num extremo localizava-se o bar e restaurante para atendimento aos usuários em trânsito, contando inclusive com uma adega subterrânea. No extremo oposto ficava o armazém das encomendas que deveriam ser transportadas pela ferrovia. No centro, ficava o saguão público que abrigava os guichês das bilheterias e o gabinete do chefe da estação. Na área intermediária, entre o armazém e o saguão central, situava-se o conjunto de sanitários, a área privativa reservada às senhoras e as escadas de acesso ao pavimento superior, onde se encontrava o almoxarifado. Na outra área intermediária oposta localizavam-se apenas as escadas que davam acesso ao telégrafo, situado no pavimento superior.

O tombamento da estação de Mairinque, concretizado em 28 de outubro de 1986, atestam o ineditismo desta obra, ressaltando o pioneirismo no uso do concreto armado em nosso país, elevando a estação à categoria de primeira obra moderna realizada no Brasil, onde pela primeira vez o concreto armado foi empregado dentro de sua potencialidade plástica, segundo cálculos estruturais corretos e atendendo a um programa ferroviário que, se não era novo, era ligado a uma recente vida na região que naqueles dias era praticamente vinculada ao mundo do transporte.

A estação de Mairinque é um dos mais importantes monumentos históricos ferroviários do Brasil, e de um dos mais antigos edifícios em todo o mundo a ser construído com uma linguagem plástica moderna.

Fonte: Jornal Ipanema 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205