31 de julho de 2017

Não haverá greve do Metrô e da CPTM nesta terça, 1º de agosto

Funcionários do Metrô e da CPTM da capital paulista definiram na noite desta segunda-feira, dia 31, que não haverá paralisação de 24 horas nesta terça-feira, dia 1º de agosto.

Os sindicatos aprovaram o "estado de greve" em assembleia anterior, mas os funcionários suspenderam a paralisação em assembleia realizada nesta segunda-feira 31.

Os motivos que mobilizaram a convocação da paralisação suspensa são a terceirização das bilheterias do Metrô, além uma resposta à venda da Linha Lilás do metrô e da Linha Ouro do monotrilho e da ameaça da CPTM de reduzir a tabela salarial em 3,51%.

Segundo o site Justificando, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) fixou em R$ 189 milhões como o valor mínimo para a oferta das empresas participantes do leilão, que está previsto para setembro. O valor é equivale a apenas 2% do investido pelo Estado de São Paulo na construção das linhas.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).