GREVE GERAL

11 de abril de 2017

Paralisação de funcionários afeta circulação de duas linhas da CPTM nesta manhã

Linha 10-Turquesa está totalmente parada e linha 7-Rubi segue com circulação parcial

Passageiros que utilizam as linhas 7-Rubi e 10-Turquesa da CPTM enfrentam dificuldades na manhã desta terça-feira (11). Uma paralisação parcial de funcionários atinge as duas linhas.

Na linha 7-Rubi os trens estão circulando com maiores intervalos entre as estações Francisco Morato e Palmeiras Barra Funda, com transferência para o Metrô. Entre as estações Jundiaí e Francisco Morato, o percurso está sendo feito por ônibus estacionados em frente às estações. De acordo com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), foram disponibilizados 30 ônibus para atender o trecho.

Já na linha 10-Turquesa, que vai do Brás até Rio Grande da Serra, está totalmente paralisada e não há informação de ônibus disponibilizados para o trecho. As demais linhas da CPTM operam normalmente na manhã desta terça-feira (11).


O sindicato de funcionários da CPTM responsável pelas linhas decidiu entrar em greve por tempo indeterminado a partir da 0h desta terça-feira após uma assembleia realizada na tarde de segunda-feira (10). Em nota, os trabalhadores esclareceram "que a categoria, reivindica o cumprimento de acordo, que a CPTM descumpriu, referente ao pagamento do PPR de 2016. Pedimos a compreensão de toda a sociedade, especialmente dos usuários dos transportes da CPTM". O comunicado conjunto é assinado pelos Sindicato dos Ferroviários de São Paulo, o Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana e o Sindicato dos Ferroviários da Zona Central do Brasil.

A CPTM ressalta que o Sindicato não está cumprindo a determinação judicial de manter pelo menos 75% da operação nos horários de pico (das 4h às 10h e das 16h às 21h) e que a direção da companhia "buscou todas as formas e alternativas no sentido de chegar a um acordo também com o referido sindicato e, assim sendo, espera que seus empregados adotem postura responsável em favor da continuidade dos serviços prestados à população".

A empresa diz esperar que os empregados das linhas 7 e 10 atuem com bom senso, considerando a responsabilidade de garantir a prestação de serviço aos quase 780 mil usuários que utilizam diariamente os trens para chegar ao trabalho, a escola, ao médico, a rede hospitalar, entre outros inúmeros compromissos assumidos.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).