GREVE GERAL

15 de março de 2017

Por causa da greve geral, SP registra maior índice de lentidão deste ano

Por causa da Greve Geral, a cidade de São Paulo registrou, na manhã desta quarta-feira (15), 542 km de lentidão, segundo o mapeamento Rádio Trânsito Caçula de Pneus/Maplink.

Esse é o maior índice de 2017. O recorde anterior do ano era de 481 km, do dia 21 de fevereiro.

O recorde histórico no período da manhã foi de 637 km de lentidão, no dia 5 de junho de 2014.

Nesta quarta, foram convocadas em todo o país manifestações contra a reforma da previdência proposta pelo governo Temer. Na capital paulista, os ônibus não saíram da garagem até as 8h da manhã e a maioria das estações de metrô ficaram fechadas.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).