GREVE GERAL

26 de dezembro de 2016

E a Linha 18 do Metrô?

Mais um ano está próximo de terminar sem que o principal projeto de Transportes e Mobilidade do Grande ABC tenha saído do papel. O início das obras da Linha 18-Bronze do Metrô, cujo contrato foi assinado em 22 de agosto de 2014 pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), tem sido constantemente adiado por sucessão de versões, desculpas e burocracia.

O governo do Estado, pai da ideia, acomoda-se às circunstâncias, sacando a falta de dinheiro toda vez que a questão é levantada, especialmente por este Diário. Enquanto isso, a população sofre com a superlotação das composições da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), a única opção de transporte em massa sobre trilhos na região.

É evidente que a sociedade tem plena consciência de que os R$ 4,6 bilhões exigidos para a implantação do ramal, o primeiro do Metrô fora da Capital, dificulta a execução do projeto, especialmente em plena época de crise financeira. Mas necessário dizer também que a ideia de trazer o Metrô para o Grande ABC, onde teria estações em Santo André, São Bernardo e São Caetano, começou a ser discutida muito antes de o Brasil ser surpreendido pela hecatombe financeira causada, principalmente, pelo populismo econômico dos governos petistas.

Mas a culpa, evidentemente, não deve ser atribuída exclusivamente à crise econômica. Antes de anunciar projeto de tamanho impacto na sociedade, que sempre desejou a ampliação do sistema intermunicipal sobre trilhos, Alckmin deveria ter se cercado de cuidados para evitar frustrar os moradores do Grande ABC. Garantir os recursos previamente evitaria o desgaste atual – embora a demora ocasionada por tal cuidado pudesse atrapalhar a obtenção de votos gerados por obra dessa magnitude.

Que em 2017 a promessa avance além das boas intenções de praxe. Desde que a proposta foi anunciada, houve muito discurso e pouca ação. É hora de arregaçar as mangas e trabalhar. Para que se tenha resposta mais plausível quando alguém perguntar sobre o Metrô do Grande ABC.

Fonte: http://www.dgabc.com.br/Noticia/2498639/e-a-linha-18-do-metro 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).