5 de maio de 2016

Alstom fornecerá composições Metropolis para o metrô de Buenos Aires

Contrato de cerca de €60 milhões na Argentina

03 de maio de 2016 – A Alstom fechou um contrato no valor de cerca de €60 milhões1 com a SBASE (Subterráneos de Buenos Aires) para fornecer 60 carros Metropolis para a linha D da rede de metrô de Buenos Aires. Os trens devem ser entregues em 2017 e as composições serão produzidas na unidade da Alstom na Lapa, em São Paulo.

Parte de uma rede de metrô que contabiliza um total de seis linhas que cobrem quase 60 quilômetros, a linha D tem mais de 10 km de extensão e inclui 16 estações. Com esse novo pedido, a SBASE irá oferecer conforto aos quase 360.000 passageiros que usam a linha D todos os dias.

Cada composição Metropolis é composta por seis carros para acomodar até 1.500 passageirosPara facilitar o fluxo de passageiros, a composição conta com quatro portas automáticas em cada lateral, além de amplos corredores. Para melhorar a experiência dos passageiros, o metrô é equipado com um display digital com o mapa da linha, telas de LCD para a transmissão de vídeos, CCTV2 e ar condicionado.

Como parte do contrato, a Alstom irá supervisionar a manutenção das composições Metropolis durante os dois primeiros anos de operação.

"Temos a satisfação de assinar este contrato, que reforça nossa presença na Argentina. Trata-se de um excelente endosso de nossa sólida relação com a SBASE, que já encomendou mais de 200 carros Metropolis conosco, além de sinalização e serviços. Com o novo Metropolis, os passageiros irão certamente desfrutar da viagem a bordo de um trem que é sustentável, confortável e confiável", afirma Michel Boccaccio, Vice-Presidente Sênior da Alstom na América Latina.

Com cerca de 5.000 Metropolis vendidos para mais de 20 cidades, a Alstom é uma das maiores fornecedoras de metrô do mundo. Desenhado para abordar as necessidades específicas de cada cidade, o Metropolis oferece uma grande variedade de opções e configurações, um alto nível de conforto aos passageiros e recursos inovadores para otimizar o consumo de energia e os custos de ciclo de vida.

Além dos diferentes projetos de mobilidade urbana liderados pela Alstom na Argentina, a empresa também participa de projetos main line, incluindo a manutenção e modernização de locomotivas para serviços de transporte de carga e passageiros.

[1] O contrato será registrado no Q4 do atual ano fiscal

[1] Circuito fechado de TV

 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).