GREVE GERAL

Assembleia dos Ferroviários está marcada para hoje às 18h.

5 de março de 2016

Em Jundiaí, passageiros de ônibus poderão pagar tarifa com cartões de débito e crédito

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Secretaria de Transportes, lançou, na manhã de quinta-feira (3), o sistema de pagamento por cartão de débito e crédito em linhas do terminal Vila Rami. Jundiaí será a primeira cidade do Brasil a receber o sistema financeiro dentro do transporte público. O anuncio oficial foi durante o 63º Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

O novo sistema, que entra em funcionamento a partir da segunda-feira (7), oferece mais uma opção de pagamento aos passageiros e minimiza a circulação de dinheiro no transporte público, aumentando a segurança dos passageiros e motoristas. Inicialmente funcionará em dez ônibus e posteriormente será expandido para os outros 270 ônibus da cidade.

As cinco linhas são: 582 – Paiol Velho, 583 – Residencial Anchieta, 584 – Terra Nova, 585 – Colégio Técnico e 586 – Vila Maringá.

O sistema funciona como em um estabelecimento comercial, em que o passageiro insere o cartão na máquina, escolhe a opção crédito ou débito, digita a senha e, em seguida, a catraca é liberada.

De acordo com o secretário de Transportes, Wilson Folgozi, o objetivo é atingir 15% dos passageiros que ainda não possuem o cartão Bilhete Único e utilizam dinheiro. “São 120 mil passageiros por dia que utilizam o transporte público. Cerca de 18 mil ainda pagam em dinheiro. Para reduzir a circulação de dinheiro no ônibus, esse público pode utilizar o cartão bancário”, afirma.

O sistema será controlado pela empresa Prodata, que oferece a solução de bilhetagem, junto com as concessionárias de ônibus da cidade, Viação Leme, Três Irmãos e Viação Jundiaiense, sem custos para a Prefeitura de Jundiaí.

Os usuários que optarem pelo cartão bancário pagam a tarifa normal, de R$3,80. Já os cadastrados no Bilhete Único seguem pagando R$3. O Bilhete Único possibilita que, no intervalo de 1 hora e 30 minutos, o passageiro se desloque de um ônibus para outro, pagando uma única tarifa e sem a necessidade de passar pelos terminais.

Fórum
O 63º Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana prossegue na tarde desta quinta-feira (3) e na manhã da sexta-feira (4). Serão abordados temas como acidentes de trânsito, BRT, Década de Segurança Viária, Programa da Política Nacional de Trânsito, convivência entre pedestres e veículos e utilização dos recursos de multas.

O Fórum Paulista é promovido pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), por meio do Fórum Paulista, em que participam secretários e dirigentes de transportes de vários municípios paulistas, com objetivo de apresentar as experiências positivas adotadas nas cidades. Jundiaí já sediou o Fórum em 2012.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).