23 de setembro de 2015

Linhas da madrugada levam 5 milhões em seis meses em São Paulo

Pesquisa da SPTrans mostra que maioria dos passageiros embarca em ônibus que circulam entre meia-noite e 4 horas para trabalhar

Implementada em fevereiro, a rede noturna de ônibus municipais da Prefeitura de São Paulo transportou 5 milhões de passageiros em seis meses, de acordo com uma pesquisa da São Paulo Transporte (SPTrans). O levantamento ouviu 1.440 usuários do serviço que utilizam 50 das 151 linhas disponíveis da meia-noite às 4h.

Os dados apontam que 44,7% dos passageiros transportados no período não utilizavam o transporte público no horário alegando "falta de oferta". Em março as linhas levaram 712 mil passageiros e em agosto, 877 mil: aumento de 23%.

De acordo com a SPTrans, 78% utilizam as linhas para trabalhar, 17% no lazer e outros 3% para estudar. A maior parcela dos passageiros é formada por homens, que somam 65,1% do total. Já 52,6% dos usuários completaram, pelo menos, o ensino médio, e 42,9% são jovens entre 16 e 25 anos.

Estadão http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,linhas-da-madrugada-levam-5-milhoes-em-seis-meses,1767519

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).