18 de agosto de 2015

Metrô recebe Prêmio Internacional de Transporte Público

O 61º Congresso da Associação Internacional de Transporte Público (UITP) premiou quatro projetos brasileiros pela inovação e pioneirismo em ações que proporcionam bem-estar e, com isso, colaboram para o fortalecimento do sistema de transporte público. Ao todo, a UITP analisou mais de 300 cases inscritos por associações e empresas de mais de 50 países, nas categorias “mundial” e “regional”. O evento deste ano foi realizado em Milão, na Itália, em junho.

Na Premiação Regional América Latina, os vencedores foram a Prodata Mobility Brasil, o Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT)/Autopass e a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô).

O “UITP Awards” premia os projetos mais inovadores desenvolvidos nos últimos dois anos em cidades e regiões de todo o mundo, que contribuam para o setor de transporte público e que atendam à proposta da UITP de duplicar o mercado de transporte em todo o mundo até o ano 2025.

 A COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO (METRÔ) foi premiada na categoria Serviços a Clientes, entre os melhores projetos regionais, pela qualidade do relacionamento com seus usuários. “Ações de relacionamento inclusivas” é o título do trabalho apresentado pelo Metrô. O case destaca as diversas ações que desenvolve com vistas à inclusão social da população idosa e das pessoas com deficiência. Entre as atividades sistemáticas que o Metrô desenvolve semanalmente estão as visitas monitoradas com pessoas idosas, com o objetivo de orientá-las sobre o uso do sistema metroviário de transporte com a máxima segurança, incluindo a prevenção de comportamentos de risco. É o Programa Experiente Cidadão.

O Metrô paulista também mantém parcerias com instituições de reabilitação para treinamento do deslocamento do público idoso nas estações e trens, além de valorizar a capacitação contínua dos empregados para o atendimento às necessidades desses usuários específicos. No Metrô, há a orientação a todos os empregados para prestar auxílio aos que necessitem de ajuda, antes mesmo que venham solicitá-la. A locomoção dos idosos nas estações do Metrô conta ainda com o acompanhamento de estagiários do Programa Jovem Cidadão, que prestam auxílio também no embarque e desembarque.

Os idosos têm atendimento preferencial nas linhas de bloqueio (catracas) das estações.

Todos os trens dispõem de assentos preferenciais, que são identificados na cor azul clara e em número acima do determinado por lei.

Campanhas educativas frequentes ressaltam, em cartazes e mensagens sonoras, a necessidade dos idosos prestarem atenção nas escadas rolantes das estações, para segurarem nos corrimões e darem muita atenção aos degraus. É enfatizada a utilização preferencial dos elevadores. O Metrô produziu um “Manual do Usuário Idoso”, ilustrado e de fácil compreensão, sempre enaltecendo o devido respeito ao cidadão com idade avançada..

Aos usuários em geral, é realçada a importância de se evitar acidentes ao embarcar e desembarcar dos trens, assim como nas escadas e corredores, respeitando a presença de idosos.

Fonte: Site da UITP

 

 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).