28 de julho de 2015

Tributo a Noel Rosa leva o samba para a Estação Barra Funda da CPTM

O samba bem-humorado de Noel Rosa, um dos mais importantes representantes da música popular brasileira, agitará a Estação Palmeiras-Barra Funda nesta sexta-feira, 31 de julho. Com uma hora e meia de duração, das 16h às 17h30, a apresentação do Grupo Melodia Sentimental homenageará o sambista carioca .

Sucessos como “Com que Roupa”,“Feitiço da Vila”, “Palpite Infeliz”, “Fita Amarela” , “Não tem Tradução” e  “Conversa de Botequim” farão parte do repertório do grupo, que interpretará as canções ao som de violino, piano, violão, cavaco, pandeiro, tamborim, flauta e percussão, entre outros instrumentos.

A montagem do cenário é outro destaque do espetáculo. A disposição dos móveis simulará uma roda de samba em volta da mesa de bar, representando o local de encontro dos boêmios da década de 30. 

A caracterização da época será realçada pelo figurino dos músicos, trajados de terno com uma rosa na lapela e chapéu.

Durante a apresentação, os músicos farão algumas intervenções ressaltando o legado do sambista que popularizou o “samba do morro”, levando o para as rádios e atingindo todas classes sociais. Curiosidades sobre a composição das letras de canções, como “Rapaz Folgado”, “Dama do Cabaré” e “Pra que Mentir” inspiradas em disputas, desentendimentos e reencontros do cotidiano de Noel, serão incluídas nos intervalos.

O Grupo Melodia Sentimental

Estabelecido no bairro do Brás, o Grupo Melodia Sentimental foi criado em 2010 por músicos de formação erudita (piano, voz e violino). As apresentações de repertório clássico, barroco e romântico, entre outros gêneros musicais, aconteciam em teatros, escolas, fábricas de cultura e igrejas. A partir de 2013, com a proposta de cantar clássicos populares, o grupo se reinventou com o Projeto Tributos, que hoje integra os grupos Comunidades Samba da Alegria e Projeto Samba do Tempo do Onça.

Segundo Marco Antônio Rodrigues dos Santos, cantor e coordenador do grupo, o objetivo é mostrar a  importância  das composições de Noel Rosa para a música popular brasileira e a evolução do samba. “A proposta é identificar elementos que transformaram a atual cena musical, pois Noel Rosa é  um dos responsáveis por unir  “o samba do morro” com o “samba do asfalto”, aproximando as culturas da classe A com as da periferia e vice-versa”, diz.
 
Serviço
Evento: Tributo a Noel Rosa – Grupo Melodia Sentimental
Local: Estação Palmeiras-Barra Funda, linhas 7-Rubi e 8-Diamante
Data:31/07, das 16h às 17h30
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).