1 de julho de 2015

PM que atirou em dois suspeitos em trem foi aplaudido por passageiros

"Tive o cuidado de não atingir os passageiros. Graças a Deus nenhum inocente foi ferido e eu também saí ileso”, ressaltou o policial

Uma tentativa de assalto dentro de um trem do ramal Deodoro deixou passageiros em pânico nesta terça-feira. O sargento Márcio Vieira, do 6º BPM (Tijuca), estava voltando do trabalho para a casa, sem a farda, quando dois suspeitos — um deles menor — anunciaram o roubo após o trem sair da estação de Engenho de Dentro, em direção à Piedade.

Os assaltantes haviam entrado na Estação Riachuelo. Enquanto alguns passageiros deixavam seus pertences com os criminosos, Vieira reagiu e baleou os dois suspeitos, que ficaram caídos dentro da composição. O policial saiu do trem aplaudido pelos passageiros.

Segundo o policial, eles pegaram a mochila de um passageiro e colocaram celulares, relógios, óculos escuros e carteiras roubadas dentro. “Vi que enquanto um deles ia ameaçando as pessoas com a pistola, o outro recolhia tudo e se aproximava. Escolhi o momento certo para sacar minha arma e atingir os dois. Acho que eles iam saltar na estação de Piedade e fugir. Tive o cuidado de não atingir os passageiros. Graças a Deus nenhum inocente foi ferido e eu também saí ileso”, ressaltou o policial. 

Uma das vítimas, o passageiro Mário Santos, de 34 anos, disse que cochilava no quando os criminosos embarcaram no trem. Mário disse que logo desconfiou da dupla. “Eles sentaram na minha frente. Percebi o nervosismo deles, olhando para trás toda hora. O mais velho, que estava armado, anunciou o assalto. Logo pegaram minha carteira e meu relógio. Fiquei com medo de pedirem meu celular porque tinha deixado em casa. Eles poderiam reagir mal.” 

Bombeiros do quartel do Méier foram acionados para o local logo depois do episódio. Eles levaram os bandidos para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, onde estão internados e custodiados. Os criminosos foram identificados como X., de 16 anos, e Josué Correa, 26 anos. O menor de idade tinha passagem por roubo e receptação e o maior por roubo de veículo. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o adolescente foi atingido no rosto e no abdômen. Ele foi operado e seu estado de saúde é estável. Já Josué, atingido no braço direito e na perna esquerda, fez exames de radiografia no hospital. O caso foi registrado na 24ª DP (Piedade).

A SuperVia informou em nota que a secretaria de Segurança Pública “tem auxiliado no reforço das rondas”, com PMs contratados pelo PROEIS. Ainda segundo a SuperVia, haverá ampliação do sistema de câmeras, com mil aparelhos até 2016 e investimento de R$ 12,5 milhões. O secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio, destacou que houve reforço no Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFER).

Sensação de insegurança

Na última quinta-feira, O DIA percorreu todas as estações dos ramais Japeri e Belford Roxo e observou a falta de agentes na grande maioria delas. Em Japeri, uma das poucas que contavam com estes agentes de controle, uma passageira teve o celular roubado. O ladrão fugiu sem ser abordado e causou indignação entre usuários do trem.

A sensação de insegurança toma conta dos passageiros que usam o transporte diariamente. É o caso de Chirleine Dion, de 61 anos. “Pego a composição na Central do Brasil e venho me consultar no Hospital Municipal da Piedade. Não vejo um carro de polícia e nem policiais pelas estações. Meu médico, por exemplo, vai passar a dar consultas apenas à tarde, a partir de agosto. Agora, já não sei mais se venho. É muito perigoso”, disse. 

Nos últimos 30 dias, outros casos de violência no sistema ferroviário chamaram a atenção: Pedro Santa Cruz, de 18 anos, foi esfaqueado ao ter o celular roubado na estação de Deodoro e a estudante Naiara Ramalho Vacarri, de 26 anos, perdeu o braço ao cair do trem durante um assalto. 
Ontem não foi é a primeira vez que o sargento Márcio Vieira, há 16 anos na corporação, reage e impede o roubo num coletivo. Em outra ocasião, ele também saía do trabalho quando impediu roubo em um ônibus próximo ao Maracanã.

O Dia

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).