24 de julho de 2015

Obra da nova estação da CPTM está ficando uma ‘joia’

As pessoas com mais idade tinham ou ainda tem o hábito de dizer que uma obra ou um serviço está ficando uma ‘joia’; para manifestar a sua admiração pelo produto ou benefício analisado. Esse termo pode muito bem ser aplicado, tanto por jovens quanto pelos mais experientes, as obras da nova estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no centro de Ferraz.

A construção está na reta final e a cada novo detalhe da obra que é finalizado, os moradores de Ferraz e mesmo os motoristas, pedestres e também quem passada no local no interior dos trens da CPTM, constatam depois da obra do Hospital Regional Osires Florindo Coelho, a nova estação da CPTM será o projeto mais sofisticado entregue aos moradores de Ferraz pelo governo do Estado de São Paulo.

Depois de muito atraso, agora, que a obra está em fase de acabamento, todos os dias é possível ver que obra está ‘nos finalmentes’ e que os passageiros terão conforto, segurança e facilidade de acesso às plataformas e trens – o que nunca foi oferecido pela CPTM aos mais de 30 mil usuários dos trens de subúrbio no município.

Detalhes

De hoje, até a inauguração da estrutura, o Oi produzirá uma série de reportagens para mostrar que finalmente, no que se refere aos serviços da CPTM, os ferrazenses serão tratados com respeito – apesar de ainda não haver uma data certa para o fim da humilhação sofrida pelos usuários que são obrigados a fazer a baldeação em Guaianazes.

Por outro lado, se a CPTM, vai oferecer uma estação decente para os usuários de Ferraz, as mais de 20 mil pessoas que utilizam os ônibus do transporte coletivo no município seguem sofrendo com serviços de péssima qualidade frutos do descaso do governo do prefeito Acir Filló cobrar da empresa prestadora de serviços –um atendimento de qualidade à população que paga inacreditáveis R$ 3,50 para viajar em linhas que não tem sequer cinco quilômetros de estação.

Construção da nova estação começou no governo do ex-prefeito Jorge Abissamra 

A construção da nova estação da CPTM em Ferraz começou em 2010 quando a prefeitura estava sendo comandada pelo ex-prefeito e ex-presidente do Condemat, Jorge Abissamra (PSB). A obra de quase R$ 42 milhões foi paralisada (ou ficou praticamente parada) diversas vezes, especialmente entre 2012 e 2013. Somente em 2014 o ritmo da construção foi acelerado. Todo o dinheiro usado na obra foi liberado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Oi Diário

- See more at: http://oidiario.com.br/obra-da-nova-estacao-da-cptm-esta-ficando-uma-joia/#sthash.JlJ8C774.dpuf

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).