30 de julho de 2015

Metrô fecha parte dos guichês de recarga do Bilhete Único em SP

SPTV encontrou serviço suspenso em ao menos 24 estações nesta quinta.
Segundo Metrô, contrato com empresas que faziam recarga foi suspenso.

Os guichês de recarga do Bilhete Único estavam fechados em ao menos 24 estações do Metrô verificadas pelo SPTV na manhã desta quinta-feira (30).

Na Estação Paraíso, por exemplo, que serve de conexão entre as linhas 1-Azul e 2-Verde. Só as máquinas de autoatendimento funcionavam.

Nesta quarta-feira (29), a produção do Bom Dia São Paulo percorreu seis estações e encontrou a mesma situação: caixa fechado. Um aviso pedia para as pessoas procurarem a casa lotérica mais próxima ou lugares credenciados.

A produção foi a uma doceria indicada pelo folheto, mas o local exigia recarga mínima de R$ 7. Em uma casa lotérica, a recarga mínima era de R$ 8. Quem tentava colocar apenas o valor de uma passagem, por exemplo, R$ 3,50, não conseguia.

A SPTrans confirmou que existe recarga mínima nas lotéricas, mas disse que no comércio em geral a recarga mínima é de R$ 3,50.

Já o Metrô afirmou que o contrato com as empresas que faziam o serviço de carregamento nos guichês acabou, por isso os postos estão fechados. A companhia informou que em agosto vai começar um processo de contratação, mas não deu data para o atendimento voltar ao normal.

G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).