30 de julho de 2015

Homem morre em linha e funcionário sinaliza para trem passar sobre corpo

Através de nota, a Supervia se defendeu dizendo que “o procedimento adotado está fora dos padrões adotados pela concessionária"

Um homem morreu na tarde de terça-feira (28) em uma linha férrea gerenciada pela SuperVia, na estação Madureira, Rio de Janeiro. A concessionária, segundo o R7, informou que ele teria atravessado irregularmente a linha.

No entanto, um vídeo, que a Record Rio teve acesso, mostra que, logo após a morte, um funcionário sinalizou para que uma composição passasse por cima do corpo.

Através de nota, a Supervia se defendeu dizendo que “o procedimento adotado está fora dos padrões adotados pela concessionária. A empresa apura internamente o que levou a essa decisão e reforça que tem como princípios básicos de conduta o respeito ao próximo”.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).