28 de julho de 2015

Acidente de trem na Estação Perus da CPTM completa 15 anos

No dia 28 de Julho de 2000, aproximadamente às 21:15 ocorre o maior acidente de trens na administração da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), onde nove pessoas morreram e 115 ficaram feridas.

O acidente, até hoje o maior da história ferroviária de São Paulo, teve como causador, um trem que estava na região da estação Jaraguá que por estar em um trecho de inclinação, desceu a toda velocidade em direção a estação de Perus quando sem sucesso, Osvaldo Pierrucci, maquinista do trem que saiu desgovernado, não conseguiu o manter parado pois a CPTM alegou que ele não calçou as rodas do trem, hoje algo obrigatório.

Porém para a investigação da Polícia Civil na época, houve uma série de erros que culminaram na tragédia. Houve antes uma falha no sistema de energia que deixou o trecho entre Perus e Pirituba sem operar, houve um desespero e falta de preparo para tomada de decisões rápidas, além do fato de o trem não ter sido calçado.

A composição desgovernada atinge após uma descida rápida rumo a estação, um trem cheio que estava na Plataforma para seguir para Francisco Morato, porém não conseguiu sair do local devido nova falha de energia que o deixou sem condições de se mover. Com o impacto houve muitos feridos de imediato, bem como mortos e a estação Perus ficou semi destruída.

Após três dias a estação foi reaberta e o caso seguiu em investigação o qual em 2012, a CPTM foi condenada a indenizar 118 pessoas pelo acidente e as famílias das vítimas fatais.

Em 15 anos após o ocorrido, os trens da série 1700, o causador do acidente, passaram por uma substituição do sistema de freios, bem como o sistema de energia vem sendo modernizado, ainda sim com certa constância apresentando problemas.










Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205