12 de maio de 2015

Motoristas e cobradores devem parar terminais nesta terça das 10h às 12h

Manifestação por reajuste salarial foi definida em plenária nesta segunda.

Linhas que circulam fora dos terminais também devem parar.

 

Motoristas e cobradores vão paralisar os terminais de ônibus de São Paulo entre 10h e 12h desta terça-feira (11). A manifestação por reajuste salarial foi definida em plenária realizada nesta segunda-feira (10).

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano, Valdevan Noventa, disse que a manifestação desta terça “é um alerta para todos”. Ele afirma que todos os terminais da cidade deixarão de funcionar no horário, além de algumas linhas que circulam fora dos terminais.

 

“É uma campanha salarial, recusamos uma proposta indecente. É um alerta para todos, que a cidade pode parar”, afirmou.  Ele diz que os funcionários pedem a correção do salário pela inflação mais um aumento real de 7%. Segundo o presidente, as empresas ofereceram 7,21% no total. Os trabalhadores marcaram para quinta-feira (14) uma assembleia que irá definir os rumos da campanha salarial.

 

A São Paulo Transporte (SPTrans) divulgou nota na qual apela para que as conversas prossigam no sentido de que a operação do sistema não sofra descontinuidade e afirma que espera que trabalhadores e empresários alcancem o entendimento no sentido de evitar a paralisação das atividades. "É fundamental que as duas partes negociem e cheguem a um acordo para que a população não seja prejudicada."

O sindicato que representa as empresas de ônibus diz que "uma atitude extrema dos operadores, sem amparo de uma assembleia da categoria, caracteriza o movimento como ilegal, resultando em sérios prejuízos aos usuários do serviço de transporte urbano".

 

Em nota, o sindicato que representa as empresas diz que "as negociações estão em andamento; ainda não se esgotaram". "As empresas concessionárias, associadas ao SPUrbanuss, farão todos os esforços para manter a operação normal dos ônibus", afirma.

 

Os motoristas e cobradores fizeram protesto semelhante em novembro de ano passado e fecharam os terminais das 10h às 12h30. Na época, a manifestação pedia mais segurança para os trabalhadores, após a morte de um motorista que teve o corpo queimado.

 

G1

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).