18 de dezembro de 2014

Alckmin elogia, mas não garante que secretário continuará no cargo

Alckmin elogia, mas não garante que secretário dos Transportes Metropolitanos continuará no cargo

Jurandir Fernandes assumiu em janeiro de 2011 pasta responsável por metrô e trens

 

Em meio às trocas no secretariado que vai compor o segundo mandato, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), não garante a continuidade do secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes. Questionado nesta quinta-feira (18) sobre possíveis mudanças na pasta, Alckmin apenas elogiou o atual titular.

 

— O Jurandir é um grande secretário, honrado, experiente, espírito público, mestre na engenharia. Um grande secretário.

 

O governador evitou comentar sobre quais serão as próximas mudanças. Nos últimos dias ele já anunciou a troca dos secretários da Fazenda, de Saneamento e Recursos Hídricos, da Casa Civil e da Segurança Pública. Além disso, recriou a Secretaria de Governo, pasta que será responsável por acompanhar o andamento de obras públicas estaduais.

 

O transporte sobre trilhos é o que mais sofre com os atrasos nas obras. Alckmin chegou a prometer a inauguração da estação Fradique Coutinho, da linha 4-Amarela, para agosto, mas ela só foi entregue em novembro. Contornar problemas como esse será um dos desafios do próximo mandato do governador.

 

VLT da Baixada Santista

 

Alckmin e o secretário participaram nesta quinta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, do lançamento da segunda etapa do VLT (veículo leve sobre trilhos) da Baixada Santista. O Estado vai agora pré-selecionar as empresas qualificadas para participar da licitação. O lote é para a construção do trecho entre Conselheiro Nébias e Valongo, atualmente na fase de licenciamento ambiental. A previsão é que as obras comecem no primeiro semestre de 2015. O custo estimado é de R$ 215 milhões.

 

O governo do Estado também anunciou a homologação do consórcio vencedor para operar o VLT da Baixada Santista. A BR Mobilidade vai ser responsável pelo transporte intermunicipal, incluindo os ônibus, em um período de 20 anos.

 

R7

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).