13 de novembro de 2014

Veja datas para solicitar o Bilhete Único Estudante para 2015

Para 2015, será possível solicitar o benefício a partir de 8 de dezembro.
É necessário cadastro, RG, CPF e envio de uma foto digitalizada

Alunos de São Paulo que desejam solicitar o Bilhete Único Estudante para o próximo ano já podem começar a preparar os documentos. A São Paulo Transporte (SPTrans) informou que, a partir do dia 8 de dezembro, estudantes já poderão fazer o pedido do bilhete para 2015.

Para fazer a solicitação, que deve ser realizada pela internet, o estudante precisa estar matriculado em uma instituição de ensino cadastrada no sistema da SPTrans. É necessário informar o RG, CPF e enviar o arquivo de uma foto digitalizada para ser impressa no cartão.

A SPTrans informa ainda que o benefício é válido para quem mora a uma distância superior a um quilômetro da escola, e que o percurso entre a residência e a escola tenha oferta de transporte público. Quem ainda não solicitou o benefício para usar ainda este ano pode fazer o pedido até esta sexta-feira (14), também no site. Quem necessitar de uma segunda via do cartão pode solicitar até o dia 30 de novembro.

Veja abaixo os tipos disponíveis de Bilhete Único para ônibus e transporte sobre trilhos e veja qual é mais vantajoso para o seu bolso:

BILHETE ÚNICO COMUM

COMO FUNCIONA: Criado para os ônibus municipais, é aceito também como meio de pagamento nos trens e no Metrô. Nos ônibus, permite fazer até 4 viagens no período de 3 horas, ao custo de uma tarifa. Na integração entre o sistema de ônibus e trilhos (Metrô e CPTM), no período de 2 horas, o usuário paga apenas a diferença entre o valor da tarifa do ônibus e o valor da tarifa de integração, em um total de R$ 4,65.

AQUISIÇÃO: Pode ser adquirido em um dos três postos da SPTrans, nos bairros da Consolação e Santa Cecília, na região central, e em Santo Amaro, na Zona Sul, ou ainda em um ponto de venda da empresa, como bancas de jornal, padarias, mercados e casas lotéricas. Não é necessário levar nenhum documento, mas o usuário precisa fazer uma carga inicial de cinco tarifas no bilhete, o que equivale a R$ 15.

RECARGA E VALIDADE: Pode ser recarregado, com qualquer valor, em qualquer um dos 41 postos autorizados ou pontos de vendas da SPTrans. Não tem data definida para créditos expirarem.
VANTAGEM: Indicado para quem faz menos de 46 viagens de ônibus por mês. O crédito é recarregado conforme a necessidade de cada usuário.

BILHETE ÚNICO MENSAL INTEGRADO

COMO FUNCIONA: Permite ao passageiro realizar diversas viagens com integração entre ônibus, trens e metrô pelo valor fixo de R$ 230 mensais.

AQUISIÇÃO: O cadastro para uso do Bilhete Único Mensal deve ser feito gratuitamente pelo site da SPTrans. O usuário precisa informar os número de RG , CPF, CEP residencial e fornecer uma foto 3x4 recente digitalizada. Se o usuário já tem algum outro cadastro de Bilhete Único, os dados aparecerão automaticamente. O cartão poderá ser usado por estudantes a partir de 2014, por metade do valor mensal do bilhete.

RECARGA E VALIDADE: O Bilhete Único pode ser recarregado em qualquer um dos 41 postos autorizados da SPTrans ou em um dos pontos de venda da SPTrans. A validade de crédito é de 30 dias a partir da data da primeira utilização.

VANTAGEM: Compensa para quem faz mais de duas viagens por dia. Um exemplo é quem, além da ida e volta ao trabalho, faz um terceiro deslocamento para a faculdade.

BILHETE ÚNICO MENSAL ESTUDANTE

COMO FUNCIONA: É destinado aos estudantes do ensino fundamental, médio e superior, técnico e profissionalizante, mediante solicitação da escola. Com esse bilhete, por uma tarifa fixa, o estudante escolhe fazer viagens ilimitadas de ônibus ou no Metrô e nos trens da CPTM. Por uma tarifa integrada, ele pode usar ônibus, metrô e trens.

AQUISIÇÃO: Primeiro é preciso checar se a matrícula do estudante está liberada através da Central 156 ou do Canal do Estudante, na internet. Se a matrícula estiver  ativa, é possível solicitar o benefício revalidando o cartão atual, adquirindo um novo via internet, ou se dirigindo a um posto autorizado da SPTrans. Também é preciso pagar o valor do tipo de bilhete único de estudante escolhido (só cota = 5 tarifas e conveniado UMES ou UNE = 13 tarifas).

RECARGA E VALIDADE:
A validade do crédito expira em um mês.  O estudante pode R$ 70 para usar ônibus ou o mesmo valor para utilizar Metrô e trens. Se optar pela tarifa integrada (R$ 140), ele pode usar ônibus, metrô e trens.

VANTAGEM: Com uma tarifa especial, o estudante pode fazer um número ilimitado de viagens, inclusive aos fins de semana.

BILHETE MENSAL DOS TRILHOS

COMO FUNCIONA: Em fase de projeto, o governo do estado pretende oferecer um modelo próprio de bilhete mensal válido exclusivamente para quem usa apenas trens do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O projeto foi batizado de "Bilhete Mensal dos Trilhos".
RECARGA: O valor mensal será de R$ 140.


CARTÃO FIDELIDADE DO METRÔ

COMO FUNCIONA: Válido exclusivamente para acesso ao transporte sobre trilhos, o cartão permite ao usuário uma economia no valor das viagens. Não há integração com os ônibus da SPTrans.
AQUISIÇÃO: Para adquirir o cartão, o usuário deve comprá-lo por R$ 2,00 em qualquer cabine de recarga do Bilhete Único, localizadas nas estações do Metrô. É obrigatória uma carga inicial equivalente ao custo de 8 viagens utilizando o cartão, ou seja: de R$ 22,30. Mais detalhes no site do Metrô ou pelo telefone 0800 770 7722.

RECARGA E VALIDADE: As recargas também são realizadas nas cabines do Bilhete Único, nas estações do Metrô. Todas as recargas devem ser realizadas em lotes de 8, 20 ou 50 viagens, aos custo de R$ 22,30, R$ 53,80 ou R$ 127,50, respectivamente. Não há data de validade do crédito.

VANTAGEM: Quanto maior o lote de viagens comprado pelo passageiro, maior a economia. No pacote de 8 viagens, o usuário pagará R$ 2,79 em cada passagem. Adquirindo o de 20 viagens, a tarifa unitária passa a ser de R$ 2,69;  e com a compra do lote de 50 viagens, cada viagem acaba saindo ao custo de R$ 2,55.

BILHETE ÚNICO ESTUDANTE

COMO FUNCIONA: É destinado aos estudantes do ensino fundamental, médio e superior, técnico e profissionalizante, mediante solicitação da escola. No sistema da SPTrans, permite fazer até 4 viagens no período de 2 horas, ao custo de meia tarifa.

AQUISIÇÃO: Primeiro é preciso checar se a matrícula do estudante está liberada através da Central 156 ou do Canal do Estudante, na internet. Se a matrícula estiver  ativa, é possível solicitar o benefício revalidando o cartão atual, adquirindo um novo via internet, ou se dirigindo a um posto autorizado da SPTrans. Também é preciso pagar o valor do tipo de bilhete único de estudante escolhido (só cota = 5 tarifas e conveniado UMES ou UNE = 13 tarifas).

RECARGA E VALIDADE: Você pode fracionar sua cota de créditos em até dez vezes dentro de cada mês. Se, durante as aquisições mensais, você deixar de comprar parte da cota, não poderá comprar no mês seguinte. A validade do crédito não expira. No entanto, o valor máximo que pode ser acumulado no Bilhete Único Estudante é de R$ 200,00.
VANTAGEM: O estudante paga meia tarifa.

BILHETE VALE-TRANSPORTE

COMO FUNCIONA: Fornecido pela empresa aos seus funcionários. Com o Bilhete Único Vale-Transporte é possível utilizar até 4 ônibus diferentes no período de 2 horas, pagando uma tarifa de ônibus, de R$ 3, ou intercalar uma viagem de Metrô ou CPTM e mais 3 ônibus pagando a tarifa de integração, que equivale a R$ 4,65.

AQUISIÇÃO: O bilhete é fornecido ao usuário pela empresa, sem necessidade de comparecer a algum posto da SPTrans.

RECARGA e VALIDADE: A recarga pode ser feita nas máquinas disponíveis em empresas e paredes dos terminais de ônibus, Metrô e CPTM e nos diversos pontos de recarga disponíveis em estabelecimentos comerciais da cidade, além dos Postos Autorizados da SPTrans localizados nos terminais de ônibus e nas estações do Metrô e da CPTM. A validade do crédito não existe. Porém, o valor  acumulado no cartão é de, no máximo, R$ 500.

VANTAGEM: A empresa arca com a maior parte dos custos, de acordo com faixa salarial do empregado.

BILHETES ESPECIAIS (IDOSOS, DEFICIENTES, AMIGÃO)

COMO FUNCIONA: Garante o transporte gratuito nos ônibus da cidade a idosos (homens e mulheres com 60 anos ou mais) e a passageiros especiais (pessoas com deficiência física, auditiva ou visual). Obesos e gestantes a partir do quinto mês também têm o benefício de sair pela porta da frente do ônibus, desde que paguem a tarifa comum. Não é permitida a integração com Metrô e CPTM.
AQUISIÇÃO: Para consultar as formas de aquisição e validade dos cartões, basta acessar o site da SPTrans. Também é possível realizar a integração e ônibus e rede metroferroviária em bilhetes especiais, desde que a diferença das passagens seja paga, como o Bilhete Único Gestante, Mãe Paulistana e Bilhete Único Obeso.

Já os cartões do Bilhete Único Amigão, válido aos domingos e feriados, que permite fazer até 4 viagens de ônibus no período de 8 horas, ao custo de uma tarifa. Nas primeiras duas horas, você poderá utilizar o Bilhete Único Comum na integração com Metrô ou CPTM, a um acréscimo de R$ 1,65, totalizando R$ 4,65 (tarifa integrada com trilhos). Nas seis horas seguintes, deverá usar somente ônibus, não ultrapassando mais de 3 viagens, para evitar a cobrança de uma nova tarifa.

O E-Fácil pode ser utilizado nos estacionamentos integrados às estações de Metrô e nos ônibus municipais, têm os valores das tarifas parciais descontados na primeira integração. O usuário também terá direito a duas viagens, que podem ser feitas no Metrô, no trem da CPTM ou nos ônibus da SPTrans, durante o período de até 12 horas em que o veículo estiver estacionado.

CARTÃO LAZER - BLA

COMO FUNCIONA: Garante aos usuários desconto na utilização dos trens da CPTM e do Metrô das 18h dos sábados até o encerramento da operação aos domingos. O Bla – Cartão Lazer também é válido durante toda a operação comercial das linhas do sistema metroferroviário nos feriados nacionais e estaduais de São Paulo. Não há integração com os ônibus da SPTrans.

AQUISIÇÃO: Para adquirir o cartão, o usuário deve comprá-lo por R$ 2,00 em qualquer cabine de recarga do Bilhete Único, localizadas nas estações do Metrô. É obrigatória uma carga inicial equivalente a 10 viagens ao custo de R$ 2,50 cada uma.

RECARGA E VALIDADE: As recargas também são realizadas nas cabines do Bilhete Único, nas estações do Metrô. Todas as recargas devem ser realizadas em lotes de 10 viagens, também ao custo de R$ 2,50 cada, totalizando R$ 25. Não há data de validade do crédito.

VANTAGEM: O usuário economiza R$ 5 a cada 10 viagens que realiza, já que o preço de cada viagem sem a utilização do cartão é de R$ 3.

G1
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).