15 de novembro de 2014

Estação Fradique Coutinho, da Linha 4 do metrô, é inaugurada

Esta é a 68ª estação do sistema metroviário de São Paulo e beneficia 15 mil passageiros todos os dias

Foi aberta neste sábado, 15, a estação Fradique Coutinho da Linha 4-Amarela do metrô. Mais de 15 mil passageiros serão beneficiados todos os dias. A nova estação é a sétima da Linha 4, operada pela ViaQuatro. As obras foram executadas pelo Metrô. "Esta estação traz muitos benefícios para a população. Melhora a qualidade de vida. Da [estação] Fradique Coutinho à [estação] Faria Lima é um minuto. 

Até a [estação] Paulista são dois minutos", destacou o governador Geraldo Alckmin..
A Fradique Coutinho é a 68ª do sistema metroviário de São Paulo e a sétima da Linha 4, que já tem também as estações Luz, República, Paulista, Faria Lima, Pinheiros e Butantã. 

A linha faz conexão com a CPTM e com as linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha do Metrô. "A Linha Amarela é um transporte de alta capacidade, não polui e alivia o transito", disse o governador.
 O acesso à estação Fradique Coutinho pode ser feito por dois endereços: na Rua dos Pinheiros, 360, e na Rua Fradique Coutinho. 

A estação é acessível a pessoas com deficiência, idosos, gestantes e pessoas com crianças de colo.
Na primeira semana, os horários de funcionamento da estação serão diferenciados. Neste sábado, fica aberta até 1h. No domingo, 16, das 4h40 à 0h. Entre segunda, 17, e sexta, 21, das 10h às 15h, para os últimos ajustes. A partir de sábado, 22, funciona em horário normal de todo o sistema metroviário.

Fase 2 da Linha 4-Amarela

A primeira fase de construção da Linha 4-Amarela, iniciada em2004, entregou as estações Faria Lima e Paulista (em 2010) e Butantã, Pinheiros, República e Luz (em 2011).

A segunda e atual fase, além da estação Fradique Coutinho, vai entregar as estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, Vila Sônia e São Paulo-Morumbi. Quando totalmente concluída, a Linha 4-Amarela terá 12,8 km de extensão e 11 estações.

O investimento do Governo de São Paulo nas obras foi de R$ 5,4 bilhões nas fases 1 e 2. A concessionária ViaQuatro é responsável pela aquisição dos trens e do sistema, conforme prevê o contrato de concessão.

Do Portal do Governo do Estado
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).