23 de outubro de 2014

Estação Fradique Coutinho será entregue em 20 dias

Nova estação da Linha 4 está pronta desde o fim de outubro e vai entrar em operação em novembro

Com a inauguração da Estação Fradique, as duas que faltam ficam para 2015

A Estação Fradique Coutinho, da Linha 4-Amarela do Metrô, será inaugurada nas primeiras semanas de novembro. A promessa foi feita na terça-feira (21) pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), durante a entrega de equipamentos na Estação São Miguel, da CPTM.

“No máximo em duas semanas e meia ela estará em funcionamento”, garantiu Alckmin. Esta será a primeira estação entregue na segunda fase da Linha Amarela, em funcionamento desde 2010.

Com a abertura da Fradique Coutinho, que fica na Zona Oeste da cidade, o trecho, que começa no Butantã, passa por Pinheiros, Faria Lima, Paulista, República e termina na Luz, terá sete estações em operação.

A estação Fradique Coutinho fica entre as paradas Faria Lima e Paulista. A inauguração estava marcada para 25 de setembro, mas foi adiada pois ainda havia obras a serem concluídas.

No último dia 7, a licença ambiental para a operação foi emitida pela Cetesb (companhia ambiental do estado).

As estações Oscar Freire e Mackenzie-Higienópolis, que também estão atrasadas e já deveriam estar abertas, ficarão mesmo para 2015. As paradas São Paulo/Morumbi e Vila Sônia estão em obras.

CPTM/ O governador entregou na terça-feira um bicicletário e o acesso norte da Estação São Miguel, da Linha 12-Safira da CPTM. O acesso é uma passarela que transpõe os dois lados da ferrovia, ligando o Jardim Lapenna à Praça do Forró, em São Miguel, na Zona Leste. “Essa travessia ficará aberta 24 horas por dia. Mesmo quando os trens não estiverem em funcionamento, os moradores poderão fazer esse cruzamento em segurança. As pessoas não ficarão mais ilhadas”, afirmou Alckmin.

O investimento do governo estadual para a reforma da estação foi de R$ 52 milhões. Segundo a CPTM, 35 mil pessoas passam diariamente pelo local. Hoje, a companhia receberá dois novos trens para operar na linha. As composições têm oito vagões contínuos, todos com ar-condicionado e automatizados. “Estamos modernizando a CPTM”, completou Alckmin.

O bicicletário da estação tem capacidade para 210 bicicletas. Os usuários da CPTM vão poder guardar as bikes no local para continuar a viagem de trem. O espaço terá segurança durante todo o tempo em que estiver aberto para evitar roubos e furtos. Esse era um pedido antigo dos moradores da região, que não tinham onde deixar as bicicletas quando iam usar o transporte público.

Por: Larissa Quintino
Especial para o DIÁRIO de São Paulo
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).