9 de setembro de 2014

Secretário confirma prolongamento do monotrilho até o Ipiranga

Na noite da última quarta-feira, dia 3, o secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Jurandir Fernandes, voltou à Vila Prudente para participar de audiência pública no Círculo de Trabalhadores Cristãos.

O foco do encontro, que registrou grande presença de público, foi a extensão da Linha 15-Prata até o Ipiranga, onde terá interligação com a Linha 10 – Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Conforme esclarecimentos do secretário e da equipe técnica do Metrô que o acompanhou, o prolongamento vai “contornar” a Favela de Vila Prudente, por isso não deve provocar grande número de desapropriações. Essa ameaça é motivo de grande apreensão entre os moradores da antiga comunidade.

O ramal rumo ao Ipiranga, a partir da estação Vila Prudente do monotrilho, terá 1,8 quilômetro de extensão. Conforme o projeto, ainda em fase de estudos, seguirá pelo canteiro central da Anhaia Mello - a exemplo do que ocorre no restante da Linha 15.

Próximo à favela, passará por baixo das linhas de transmissão de energia que existem no caminho e vai margear a rampa do Expresso Tiradentes e o viaduto Grande São Paulo, seguindo rumo à linha férrea. Na sequência ocupará uma área constituída praticamente por galpões até chegar à estação Ipiranga que será totalmente remodelada para receber o novo transporte. “O projeto está muito bom, com poucas agressões urbanas”, comentou Fernandes.

O secretário ressaltou diversas vezes que ainda está sendo elaborado o projeto fundamental, portanto não é possível definir quantas moradias serão atingidas. “Estimamos que será uma quantidade bem pequena, na verdade, para a adequação do sistema viário. Para o monotrilho margear o viaduto, a CET precisará deslocar a rua e, para isso, desapropriará uma faixa”.

O principal objetivo do prolongamento até o Ipiranga é evitar a saturação da estação Vila Prudente da Linha 2-Verde quando o monotrilho chegar à Cidade Tiradentes. “Com o ramal até o Ipiranga, o passageiro que está no monotrilho e deseja seguir ao centro da cidade, não precisará desembarcar na Vila Prudente e fazer baldeações. Seguirá até o Ipiranga e pegará a Linha 10”, explicou o secretário.

Questionado sobre o prazo para chegar ao Ipiranga, Fernandes argumentou que a meta é entregar junto com o trecho final do monotrilho em Cidade Tiradentes, previsto para 2016. “Até São Mateus, a demanda ainda é suportável na estação Vila Prudente do metrô, mas, com a inauguração do restante da Linha 15, teríamos um problema muito sério. Queremos evitar esse impacto, por isso vamos entregar as duas pontas juntas”. A previsão é de que 520 mil passageiros sejam atendidos por dia, em média, quando a Linha 15 estiver concluída.

Extensão da Linha 2-Verde

Durante a audiência, o secretário Jurandir Fernandes informou que o contrato para o início das obras de prolongamento da Linha 2-Verde será assinado até o fim do mês. O percurso sairá da estação Vila Prudente e chegará à rodovia Dutra, na divisa com Guarulhos. Serão13 novas paradas: Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva, Penha, Penha de França, Tiquatira, Paulo Freire, Ponte Grande e Dutra. As obras devem durar de quatro a seis anos.

Kátia Leite
Folha Vp

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).