3 de setembro de 2014

Projeto da Estação ABC sai em 2015

O projeto executivo para a construção de mais uma estação na Linha 10-Turquesa (Brás/Rio Grande da Serra) da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), deverá ser contratado ainda neste ano, com previsão de finalização até o fim de 2015. 

A parada será localizada nas proximidades de onde, até 2006, funcionou o terminal Pirelli, no bairro Homero Thon, em Santo André. O cronograma para a execução da obra foi discutido na tarde de ontem em reunião entre representantes da Prefeitura, da CPTM e da iniciativa privada.

De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra, a expectativa é que o projeto executivo demore entre oito e dez meses para ser feito e a licitação para contratação da empresa responsável pela construção seja lançada no início de 2016. A estimativa é de que a elaboração do documento custe em torno de R$ 4 milhões.

O cronograma, no entanto, poderá ser acelerado em até um ano com a viabilização de PPP (Parceria Público-Privada) para a execução das obras. “Temos diversas empresas e empreendimentos no entorno que serão beneficiados com a estação, que vai receber a futura Linha 14-Ônix, que ligará Santo André à região do aeroporto de Guarulhos e terá característica regional”, observa.

No prazo de dez dias, período em que o projeto funcional será finalizado, as empresas interessadas na parceria devem se manifestar. O modelo segue experiência já existente em Hong Kong (na China), onde quem constrói as estações é o setor privada. Também há iniciativa semelhante na Estação Antônio João, em Barueri, que atende a Linha 8-Diamante (Júlio Prestes/Amador Bueno).

O local exato onde será erguida a parada, denominada Estação ABC, ainda não foi definido. De acordo com o secretário, serão feitos ajustes nos próximos dias ao projeto básico. No entanto, a confirmação deverá ser conhecida apenas depois da conclusão do projeto executivo. “Temos algumas alternativas no entorno do Atrium Shopping. Ali temos um local apertado do ponto de vista do zoneamento, então, ainda vamos fazer os últimos ajustes.”

A construção deverá exigir cerca de R$ 200 milhões. “Ficamos com uma lição de casa, que são essas parcerias que podem ser iniciadas e encurtar os prazos, mas o importante é que, em um ritmo ou em outro, o equipamento está consolidado.”

A estação foi prometida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em outubro do ano passado. Inicialmente, quando foi feito o anúncio de que a Linha 10-Turquesa teria mais um ponto de parada, a informação dada pelo Estado foi a de que haveria a reabertura da Estação Pirelli. Após estudos, chegou-se à conclusão que o procedimento seria inviável e, por isso, a companhia decidiu construir outra plataforma.

Fonte: Diário do Grande ABC
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).