22 de setembro de 2014

Integração entre CPTM e ônibus em Mauá tem início

Entrou ontem em operação a integração de transporte público de Mauá com a Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Ao longo do dia, funcionários da administração municipal orientavam os usuários que embarcavam ou saiam da estação ferroviária do Centro de Mauá, já que ainda havia muita desinformação da população em relação ao funcionamento do sistema.

No entanto, já havia quem utilizasse o cartão SIM (Sistema Integrado Mauá), por meio do qual o usuário terá desconto de R$ 0,50 por viagem. A economia chega a R$ 1 no trajeto de ida e volta. Isso porque, com o SIM, para fazer o percurso de ônibus municipal e trem da CPTM, desde que se faça a baldeação nessa estação, o usuário gasta R$ 5,50 (em vez de R$ 6). No retorno, a pessoa despende mais R$ 5,50, mas, nesse caso, é preciso adquirir o bilhete integração Mauá F-41 – já disponível em guichês da CPTM – e validar o tíquete, junto com o cartão, em um dos 12 pontos instalados na estação Centro, no município. Inicialmente, o sistema funcionará apenas nesse ponto, mas segundo o prefeito Donisete Braga (PT), a intenção é ampliar, no futuro, para as demais estações (Guapituba e Capuava).

Para a atendente Larissa Ferreira, 21 anos, que trabalha em Santo André e faz uso de ônibus e trem todos os dias, a integração a ajudará a economizar bastante. “É bem melhor, assim eu pago menos”, afirmou. A costureira Fátima Costa, 40, também aprovou. “Adorei a ideia, apesar que eu trabalho em casa, mas a gente nunca sabe quando vai precisar”, disse. “Qualquer economia é boa”, assinalou o pintor Emerson Oliveira, 38, que trabalha na Capital.

A equipe do Diário, que esteve ontem na estação Centro de Mauá, também ouviu algumas críticas e dúvidas em relação ao sistema. “Não é integral (o desconto), diminui só R$ 0,50”, reclamou o carpinteiro Antonio Cruz, 38, fazendo referência ao fato de que a baldeação do Metrô para o trem da CPTM, na Capital, não gera custo adicional ao usuário. Já Paula Regina Alves, 18, não sabia como funcionava e, se por ser estudante, poderia utilizar a integração. O cartão é gratuito e disponível a qualquer morador da cidade.

Para adquirir o bilhete eletrônico para fazer a integração, é preciso se dirigir à loja SIM, no terminal central, que funciona das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e levar RG, CPF e comprovante de endereço (é preciso ser morador de Mauá).

Diário do Grande ABC
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).