3 de julho de 2014

Passe livre no transporte público em São Paulo diminui para 60 anos

Pessoas com mais de 60 anos terão gratuidade no Metrô, CPTM e EMTU/SP. Nesta quarta-feira, o governador Geraldo Alckmin assinou o decreto que regulamenta a Lei 15.187, sancionada em outubro do ano passado. 

A nova legislação reduz a idade mínima de gratuidade no transporte público de 65 para 60 anos. A medida pode beneficiar 423.055 pessoas na capital e 695.331 na Região Metropolitana que têm de 60 a 64 anos.

 Para ser concedido o benefício, o usuário interessado deve se cadastrar nos postos autorizados das operadoras de transporte de passageiros. O acesso será validado por 180 dias.

 Para CPTM e Metrô, os usuários poderão utilizar o Cartão Bom, emitido pela EMTU, ou Bilhete Único que podem ser encontrados nos postos autorizados do Consórcio Metropolitano de Transportes - CMT ou da Prefeitura de São Paulo.

 O Bilhete Único Especial Idoso fornecido pela SPTrans também poderá ser utilizado no sistema metroferroviário (CPTM e Metrô), assim como o Bilhete Sênior, do sistema metropolitano de ônibus da EMTU. Esse bilhete também deverá ser utilizado para o serviço de transporte coletivo regular de passageiros, por ônibus, da Região Metropolitana de São Paulo.

 De A Tribuna On-line

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).