3 de julho de 2014

Passageiro agredido em estação do Metrô receberá R$ 41 mil

A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) foi condenada pela 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça a indenizar por danos morais um passageiro agredido em uma estação. Ele deverá receber R$ 41,5 mil.

 Segundo o processo, após discutir com três agentes de segurança sobre um bilhete de acesso ao Metrô, o passageiro alegou que foi agredido fisicamente por eles, recebendo golpes nos braços, costas, abdome e rosto. Os golpes teriam causado a perda permanente da vista direita, entre outras lesões.

 Para o relator James Alberto Siano, a conduta dos funcionários da empresa é injustificável. Se é fato que o autor utilizara-se de bilhete inadequado para atravessar a catraca de acesso ao Metrô, haveria outras formas de abordá-lo e fazer com que ele pagasse pela sua passagem, considerou.

 Terra

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).