25 de julho de 2014

Palmeirenses contrariam PM e dizem que irão de Metrô à Arena Corinthians

bitcoin

Mancha Alvi Verde disse que 'não conseguiu' alugar ônibus para o jogo.
Clássico contra o Corinthians será neste domingo, às 16h, em Itaquera.

A torcida organizada do Palmeiras, Mancha Alvi Verde, comunicou nesta sexta-feira (25) que não vai alugar ônibus para os torcedores chegarem até a Arena Corinthians, na Zona Leste de São Paulo, para o jogo contra o rival neste domingo (27) e que deve seguir ao estádio usando o Metrô.

Os diretores da organizada entraram em acordo com a Polícia Militar (PM) na manhã desta sexta-feira e iriam usar os fretados por segurança, para evitar encontros com a torcida corintiana. Entretanto, a diretoria afirma que não conseguiu encontrar ônibus suficientes e por isso vai recorrer ao transporte público.
"Vamos ter que ir de Metrô. Aí a gente fica naquele impasse, não é o que nós queremos. Se nos derem o busão, a gente vai, mas não tem", disse Jânio Carvalho Santos, um dos dirigentes da Mancha Alvi Verde, que estava presente na reunião com Polícia Militar, Metrô e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Segundo Santos, a torcida já entrou em contato com as três entidades para avisar o ponto de encontro palmeirense e o horário de partida dos torcedores. "Pedimos segurança para a PM, mas eles recusaram", afirmou.
Por telefone, o capitão Arcanjo, da PM, reafirmou que a orientação é fazer o transporte dos torcedores em ônibus e escoltados pela polícia.

"Nós deixamos clara essa posição. Haverá sim um trabalho da PM para evitar qualquer problema, algo junto às estações, onde haverá um acompanhamento no embarque e desembarque. Mas no Metrô e na CPTM, em si, a segurança é própria. A menos que haja algum chamado e então nós atendemos", afirmou o capitão.

Na reunião da manhã desta sexta-feira, o capitão Alexandre Vilariço, comandante da operação, já havia antecipado que a polícia não daria suporte caso a Mancha fosse de Metrô. "Se os torcedores da organizada do Palmeiras quiserem ir de Metrô, eles vão ter que se responsabilizar por qualquer dano ou problema. Se eles forem de ônibus [fretado], a PM pode garantir a segurança deles, de Metrô não, devido à quantidade de corintianos", afirmou.

São esperados cerca de 30 mil torcedores do Corinthians. Vinte e cinco mil ingressos já foram comprados pelos corintianos. Procurada, as assessorias de imprensa da CPTM e do Metrô não retornaram até a mais recente atualização desta reportagem.

Esquema de transporte

Alegando  questões de segurança, PM, Metrô e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre outros órgãos, montaram um esquema especial de transporte para que corintianos e palmeirenses não se encontrem no caminho. Representantes da Gaviões da Fiel e da Mancha Alvi Verde, entre outras organizadas dos dois clubes, assinaram ata se comprometendo a cumprir o que foi acordo na reunião desta sexta.

Na sexta à tarde, a Mancha anunciou pelas suas redes sociais que não conseguiu alugar ônibus e que apesar de "manter um bom relacionamento com o 2º Batalhão de Choque" e "acatar as decisões" do batalhão, teria de usar metrô.

Estava acordado entre as organizadas que corintianos usariam o Metrô e a CPTM para ir até o estádio, enquanto palmeirenses alugariam ônibus até Itaquera.

“Não é regra”, disse, na ocasião, Vilariço. “Apenas uma orientação para evitar o encontro dos torcedores do Corinthians e do Palmeiras em estações de Metrô e trem, que também serão vigiadas por policiais”, completou o capitão. Os torcedores palmeirenses que forem sócios das organizadas não serão impedidos de usarem Metrô e trem, segundo a PM.

A orientação para eles é a de que não sigam para esses locais uniformizados com camisas alusivas à torcida ou ao time. “É melhor guardarem a camisa e só a usarem quando entrarem no estádio”, afirmou o capitão. “É preciso lembrar que, dentro dos vagões, a maioria será de corintianos”.
Segundo Santos, a diretoria da Mancha Alvi Verde está "muito preocupada" com a quesão da segurança. "Estamos muito preocupados e estamos encontrando dificuldades, mas é uma falência do Estado a gente ter que tirar a camisa para usar o transporte público. Vamos uniformizados", disse.

Segurança

Aproximadamente 500 policiais militares ficarão em alerta neste domingo em São Paulo por causa da partida de futebol Corinthians x Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, a partir das 16h, no estádio do time alvinegro, em Itaquera, Zona Leste. Ficou estabelecido ainda entre as organizadas que corintianos usarão o Metrô e a CPTM para ir até a Arena Corinthians, enquanto palmeirenses alugarão ônibus para seguirem até o estádio.

Para a Polícia Militar é alto o risco de haver confronto entre os torcedores rivais. O clima tenso entre as torcidas teria chegado à internet, inclusive com provocações. A corporação monitora as redes sociais para saber se brigas estão sendo marcadas.

“Até agora não detectamos nenhum confronto agendado na web, mas nossos policiais estão monitorando as páginas de Facebook e blogs de torcedores dos dois times”, disse o capitão da PM Alexandre Vilariço, comandante da seção de planejamento de operações do 2º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque).

“É o primeiro clássico da Arena Corinthians, e por isso um jogo de alto risco de haver confronto entre as torcidas rivais. Serão mais de 100 policiais dentro do estádio e outros 400 do lado de fora”, afirmou o capitão.
Por isso, além do reforço no efetivo policial –são 200 policiais a mais do que é empregado num jogo onde não há oponentes da mesma cidade - haverá mudanças no deslocamento das torcidas organizadas dos clubes para a Arena Corinthians.

Corintianos e palmeirenses

"Durante o mundial torcedores de países rivais puderam usar o Metrô expresso da Copa do Mundo. E agora que acabou a competição qual o legado que ficou para os brasileiros?”, disse o palmeirense Jânio Carvalho Santos, diretor da torcida.

Mas representantes do Metrô que compareceram à reunião de sexta-feira disseram que seria inviável reativar o expresso Copa. Um membro da CPTM endossou o que o colega do sistema de transporte público falou e reforçou a necessidade de se priorizar os corintianos, que serão maioria no domingo dentro do estádio. E que por segurança, levar palmeirenses uniformizados dentro dos vagões só acirraria a rivalidade e animosidade.

De acordo com a PM, os deslocamentos de corintianos no Metrô e trens e de palmeirenses nos ônibus terão o acompanhamento e a escolta de policiais militares. “Nossa missão será a de garantir a segurança de todos”, declarou Vilariço.

Por conta da restrição no trajeto a Arena Corinthians, palmeirenses estão se sentindo acuados e passaram a apelidar as estações de Metrô e trem de ‘faixa de Gaza’. “Mesmo que orientemos nossos torcedores a não irem para lá, tem torcedor que não é ligado à organizada”, reconheceu Santos. “Se ele for para uma estação há o risco de confronto”.

“Está um clima tenso entre os torcedores. Dá para sentir. É preciso que nós como diretores possamos orientar nossos associados a não se envolverem em brigas”, disse o corintiano Alexsandro de Souza, diretor da Camisa 12.

Metrô

O Metrô anunciou operação especial para o jogo entre Corinhians e Palmeiras. Segundo a companhia, o número de trens em operação nas horas que antecedem ao jogo vai ser ampliado. A quantidade não foi divulgada. Na saída da partida, por volta de 18h, composições reservas poderão ser utilizadas na Linha 3-Vermelha. Segundo a empresa, o intervalo médio previsto entre um trem e outro será de 3 minutos.

A passarela de acesso à estação Corinhians-Itaquera estará liberada durante todo o domingo tanto para a entrada na estação quanto para deixar o local.

CPTM

A CPTM também terá esquema diferenciado no domingo. A segurança será reforçada nas estações com objetivo de evitar tumulto ou dano. Agentes acompanharão os torcedores no trajeto até o estádio. Cerca de 1,8 mil câmeras de vigilância espalhadas por pontos estratégicos e dentro dos trens acompanharão todos os passos dos torcedores até Itaquera.

G1
Comentários
0 Comentários
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do blog Diário da CPTM.
Observações:

  • Último trem do terminal de Jundiaí para Francisco Morato tem partida programada às 23h30.
  • A transferência entre linhas é garantida desde que o usuário esteja em sua última estação de transferência até as 00h. Para mais informações, confira o Regulamento de Viagem. ​​​​
De domingo a 6ª feira, das 4h à meia-noite, e aos sábados das 4h à 1h (sentido único, do centro de São Paulo para os bairros e municípios da Região Metropolitana).

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa

Apartamento em Francisco Morato finaciado pela Caixa
ÚNICO DA REGIÃO ENTREGUE TOTALMENTE ACABADO, COM PISO EM TODAS AS ÁREAS ✅ ESCRITURA GRÁTIS! 💥 APARTAMENTOS LOCALIZADOS A 1,8 KM DA ESTAÇÃO BALTAZAR FIDÉLIS 💥 Se você: ✅ Trabalha registrado ✅ Possui renda familiar de R$ 2200 ou mais ✅ Possuis FGTS Não perca mais tempo, saiba que você possui um excelente potencial de financiamento e não pode deixar essa oportunidade escapar! SUA OPORTUNIDADE CHEGOU ✅ 1 Vaga ✅ Condomínio com portaria 24hs. ✅ Piscina ✅ Salão de Festas ✅ Churrasqueira ✅ Quadra ✅ Playground ✅ Plantas de 46 e 46 M². O único da região que entrega totalmente acabado e pronto para morar ***Use seu FGTS *** Financiamento Caixa Econômica Federal *** Entrega garantida pela Caixa prevista para maio de 2019. Localização Município: Francisco Morato CEP do imóvel: 07996-005 Bairro: Res São Luis VISITAS SOMENTE COM AGENDAMENTO PRÉVIO Fale com agora mesmo no telefone ou WhatsApp com: RICARDO - 11-987405205